Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Coda (que traduzindo do idioma italiano para o português quer dizer cauda) é a seção com que se termina uma música. Nesta secção o compositor ou arranjador poderá ou não utilizar ideias musicais já apresentadas ao longo da composição.

NotaçãoEditar

A Coda começa a ser parte integrante do curriculo de estudo de regência por volta do século 12 e 13.

Em partituras que envolvam repetições de um ou mais temas antes da secção final, a coda representa um salto na leitura da partitura representado pelo símbolo   sobre a barra de compasso de onde o salto se origina e a barra de compasso inicial da coda.

Nestes casos uma indicação informa ao músico a ordem de execução das repetições. D.S. al Coda (Dal Segno al Coda) indica que o músico deve retornar até o segno   e tocar até encontrar o símbolo de coda, pulando para o final. D.C. al Coda (Da Capo al Coda), indica que o músico deve tocar do início da partitura até encontrar a marca de coda e pular para o final.

 
Trecho da música "The North Star", empregando o Segno e a Coda e a indicação "D.S. al Coda"(Dal Segno al Coda)

No caso da figura acima, a música deve ser executada até chegar em "D.S. al Coda", voltar até o símbolo "Segno" e então tocar a música até o último compasso, onde se encontra a figura "Coda".

 
Trecho da música "Ryan's", empregando o uso da Coda e da indicação "D.C. al Coda"(Da Capo al Coda)

No caso da figura acima, a música deve ser executada até o último compasso, onde está a indicação "D.C al Coda", voltar ao início da música e continuar a execução da peça até encontrar o símbolo "Coda", finalizando a execução.

Ver tambémEditar

Simbologia da notação musical

  Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.