Abrir menu principal

Colégio Futebol Clube é uma agremiação esportiva fundada a 24 de junho de 1917, com sede no bairro do Colégio, na cidade do Rio de Janeiro.[1]

Colégio
Colégio FC.jpg
Nome Colégio Futebol Clube
Alcunhas Coleginho
Fundação 24 de junho de 1917 (102 anos)
Estádio Oswaldo Vieira da Costa
Capacidade 1 000
Localização Rio de Janeiro, Brasil
Presidente Iran da Silva Lima
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

HistóriaEditar

Tradicional clube da zona norte carioca, o Colégio F. C, que mantém sede e estádio localizado em frente a estação do metro de Colégio, cujo bairro é de mesmo nome, próximo a Irajá, despontou no antigo Departamento Autônomo, conseguindo alguns títulos importantes, tais quais, o da categoria Aspirantes, conquistado de maneira invicta, em 1966, da série Waldemar Machado Carneiro, além de ter se sagrado campeão da categoria principal, em 1976.

A profissionalização ocorreu em 1990 e a partir daquele ano, o Coleginho passou a disputar a Terceira Divisão do Rio de Janeiro.

Afastado das competições de âmbito profissional desde 1996, o Colégio se mantém em atividade, ao disputar alguns campeonatos promovidos pela Liga de Desportos de Nova Iguaçu, presidida por Luiz Carlos Pina. Sagrou-se vice-campeão de juniores do Campeonato Iguaçuano de 2009, quando perdeu a final para o Esporte Clube Brasileirinho, de Comendador Soares. Na Taça Cidade de Juniores de 2010, foi eliminado na semifinal pelo Bayer Esporte Clube, que se classificou à final contra o mesmo Brasileirinho, o seu algoz do ano anterior. Nas categorias infantil e juvenil, o time foi eliminado na primeira fase. Estreou em 1990, na terceira divisão de profissionais. No ano seguinte, com a criação do chamado Grupo “B” da Primeirona, foi convidado a integrar a segunda divisão juntamente com os times da antiga terceirona. Veio a disputar o profissionalismo até 1996, quando problemas de ordem financeira fizeram com que tivesse que se afastar.

TítulosEditar

  • 1966 - Campeão invicto do Departamento Autônomo, categoria Aspirantes (Série Waldemar Machado Carneiro);
  • 1969 - Vice-campeão do Departamento Autônomo, categoria Juvenil (Série GBD);
  • 1976 - Campeão do Departamento Autônomo, categoria Adultos (Série Francisco Xavier Imóveis);
  • 1988 - Campeão invicto do Departamento Autônomo, categoria Júnior;
  • 1992 - Campeão invicto da Segunda Divisão, categoria Juvenil;
  • 2009 - Vice-campeão do Campeonato Iguaçuano, categoria Júnior;

EstatísticasEditar

ParticipaçõesEditar

Participações em 2018
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
  Série B2 do Carioca 4 ? colocado (1990) 1990 1996

Ver tambémEditar

Referências

  1. VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra