Computador modular


Um computador modular — em inglês, computador-on-module (COM) ou System on Module (SOM) — é um tipo de computador de placa única (SBC), um subtipo de um sistema de computador embarcado que geralmente usa processadores ARM. Uma extensão do conceito de sistema em chip (SoC) e sistema em pacote (SIP), o computador modular situa-se entre um computador completo e um microcontrolador.[1]

DHCOM Computer On Module com processador AM35x, DH electronics
Toradex Colibri T30 Computer On Module


ProjetoEditar

Computadores modulares são computadores integrados completos construídos em duas placas de circuito. O desenho é centrada em um microprocessador com os controladores de memória RAM, entrada/saída e todas as outras características necessárias para ser um computador funcional.

O módulo é montado sobre uma placa de suporte (ou "placa de base") onde ficam os dispositivos de entrada e saída como USB, RJ45, DVI dentre outros.

Os termos "Computer-on-Module" e "COM" foram usados pelo VDC Research Group, Inc. (anteriormente Venture Development Corporation) (Natick, MA, EUA) para descrever essa classe de placas de computadores embarcados.[2]

A maioria dos sistemas usam o processador ARM com soquete 144 SODIMM e 200 SODIMM (chamado de x1)[3][4][5]. Atualmente é o padrão X1 é o mais usado por diversas empresas.

Open sourceEditar

A empresa Toradex criou o projeto open source Viola. É uma placa base do COM de baixo custo. Foi criado inicialmente compatível com placa Colibri, um computador em módulo baseado no Freescale Vybrid [6]

Referências

  Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.