Abrir menu principal

Conde de Cabral foi um título criado por decreto de 24 de Outubro de 1867, e confirmado por carta de 7 de Novembro de 1867, do D. Luís I, a favor de José Bernardo da Silva Cabral, um político setembrista, irmão do poderoso Costa Cabral.

Usaram o título
  1. José Bernardo da Silva Cabral, 1.º conde de Cabral;
  2. Eduardo Augusto da Silva Cabral, 2.º conde de Cabral.

Após a implementação da República e o fim do sistema nobiliárquico, tornaram-se pretendentes ao título Joaquim Guedes Cabral Correia de Queirós e, atualmente, Jacinto Brandão de Melo de Magalhães Guedes de Queirós.