Abrir menu principal
D. Tristão da Cunha Ataíde, 1.º Conde de Povolide

O título de Conde de Povolide foi criado por decreto de 6 de Janeiro de 1709 do rei D. João V de Portugal a favor de Tristão da Cunha Ataíde, 1.º conde de Povolide.

TitularesEditar

1. Tristão da Cunha Ataíde, 1.º conde de Povolide (1655-1728)

2. Luis Vasques da Cunha Ataíde, 2.º conde de Povolide

3. José da Cunha Grã Ataíde e Melo, 3.º conde de Povolide (1734-1792)

4. Luis José da Cunha Grã Ataíde e Melo, 4.º conde de Povolide (1778-1833)

Após a implementação da República e o fim do sistema nobiliárquico tornaram-se pretendentes D. José Maria da Silva Telo de Menezes, 7.º marquês de Vagos (1912-) e Maria Mafalda da Silva de Noronha Wagner, 8.ª marquesa de Vagos (1951-).

BrasãoEditar

O brasão dos condes de Povolide é o seguinte:

  • Em campo de ouro, nove cunhas de azul, (de ferro) formadas e postas em três palas, e as quinas de Portugal sobre uma orladura de prata[1].

Referências

Ligações externasEditar