Conferência da Aliança Internacional de Sufrágio Feminino

Conferência International de Sufrágio Feminino (do inglês: Conference of the International Woman Suffrage Alliance) é uma conferência feminista pelo direito à voto, realizada em 1902 na cidade norte-americana de Washington DC, com objetivo de viabilidade de organizar uma Associação Internacional de Sufrágio Feminino.[1][2][3]

HistóricoEditar

Em 1902, a "Associação Nacional Americana de Sufrágio Feminino" (do inglês: "National-American Woman Suffrage Association") convidou todas as organizações nacionais de sufrágio feminino que existentes na época, a enviar um delegado credenciado para participar da primeira reunião international em massa à ser realizada em Washington DC, para considerar a viabilidade de organizar uma Associação Internacional.[1]

ReuniãoEditar

Em 1902, a reunião foi realizada em Washington DC, no período de 12 à 18 de fevereiro.[1] Uma bandeja de prata com uma homenagem à Carrie Chapman Catt dos delegados estrangeiros comemorou o evento.[4]

Seis federações nacionais estiveram representadas, nomeadamente: Canadá, Alemanha, Grã-Bretanha, Noruega, Suécia e Estados Unidos. A Austrália não tinha associação nacional, mas enviou um delegado, várias das sociedades estatais dos EUA contribuindo para um fundo que foi levantado para ajudá-la a pagar as despesas da longa e cara viagem de Melbourne a Washington. Onde ainda não haviam sido formadas associações de sufrágio, os Conselhos Nacionais de Mulheres e Consulados Americanos foram consultados, no esforço de encontrar mulheres representativas que simpatizassem com o movimento pela emancipação das mulheres. Como resultado dessa correspondência, um delegado cada um do Chile, Rússia e Turquia compareceu. Muitos relatórios sobre o status civil, educacional e industrial das mulheres foram obtidos. Algumas delas possuíam alto valor histórico. Todos esses relatórios, de forma resumida, juntamente com as transações, foram impressos e preservados. [5]

Esta reunião votou para formar uma união internacional de sociedades nacionais de sufrágio feminino; mas para que cada associação que entrasse em tal aliança tivesse oportunidade de aprovar a base da organização antes de ser definitivamente adotada, foi acordado formar uma organização apenas temporária, sem taxas, e concluir o trabalho em uma segunda reunião que deveria ser realizada em Berlim, em junho de 1904. Susan B. Anthony foi nomeada presidente do comitê temporário; Dr. jur. Anita Augspurg, Vice-Presidente; Florence Fenwick Miller, Tesoureira; e Carrie Chapman Catt, Secretária. Pela votação da reunião de Washington, cada país organizado foi convidado a nomear um comitê de três, que deveria atuar como correspondentes oficiais para aquele país. Dez países foram assim unidos à associação temporária: Austrália, Canadá, Dinamarca, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Noruega, Suécia, Holanda e Estados Unidos. Tais comitês atuaram na qualidade de meios de comunicação entre o Comitê Internacional e a associação representada. Por meio deles, uma constituição na qual estava incorporado o plano completo de organização foi submetida a cada Associação Nacional do Sufrágio, e os delegados à reunião de Berlim deveriam vir com o conselho e a instrução de suas respectivas sociedades. [6]

Pessoas notáveisEditar

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. a b c «What is IAW». International Alliance of Women (em inglês). Consultado em 19 de maio de 2022 
  2. «International woman suffrage conference (1st : 1902 : Washington, D.C.)». Livraria Online Books - Universidade da Pensilvânia. Consultado em 19 de maio de 2022 
  3. «First Conference of the International Woman Suffrage Alliance». Detailed Pedia (em inglês). Consultado em 19 de maio de 2022 
  4. Smithsonian Institution Press 1898, p. 386.
  5. International Alliance of Women for Suffrage and Equal Citizenship 1908, pp. 53-54.
  6. International Alliance of Women for Suffrage and Equal Citizenship 1908, p. 54.

AtribuiçãoEditar

  •   Este artigo incorpora texto de uma publicação, atualmente no domínio público: International Alliance of Women for Suffrage and Equal Citizenship (1908). Report of Congress. Amsterdam, Holland: [s.n.] 

Ligações externasEditar