Abrir menu principal

Conjunto Estrela d'Alva

Conjunto Estrela d'Alva

Estrela Dalva

  Bairro do Brasil  
Localização
Administração
Bairros limítrofes
Características geográficas
Área total 0,154
População total Cerca de 10,000 hab.
Outras informações
Domicílios 1381
Energia elétrica (%) 100
Água encanada (%) 100
Coleta de lixo (%) 100
Fonte: Não disponível
Conjunto Habitacional Estrela D'alva.

Conjunto Habitacional Cercadinho, antigo Paineiras, popularmente conhecido como Conjunto Estrela D'alva, é um grande condomínio da região Oeste de Belo Horizonte.

É formado por 154 mil m², 1381 apartamentos de 2 ou 3 quartos e prédios de 4 ou 10 andares, padrão BNH. O Conjunto Estrela D'alva é a maior área verde urbanizada de Belo Horizonte. Sua área total soma 154.000 metros quadrados.[1] O Conjunto conta ainda com uma Igreja Católica (Paróquia Santa Maria Estrela do Amanhã), um Centro Comercial, um parque (Parque Estrela D'alva), um Posto de Saúde,Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) Havaí e uma escola pública (Escola Municipal Prefeito Aminthas de Barros), uma Sociedade de Condomínios (Sociedade de Condomínios do Conjunto Habitacional Paineiras) que substitui a associação comunitária, sendo que foi um dos primeiros projetos no Brasil.

Há, inclusive um movimento comunitário que defende o tombamento do conjunto para que seus aspectos arquitetônicos originais não sejam modificados[carece de fontes?]. O projeto arquitetônico e paisagístico do conjunto já foi objeto de destaque em revistas especializadas[carece de fontes?].

O Estrela D'alva firmou-se, passados mais de 20 anos da sua inauguração, como uma agradável exceção à regra, manteve a essência da sua concepção arquitetônica e urbanística original e ainda consegue emocionar muitos dos seus habitantes, que se manifestaram espontâneamente .[1]

HistóriaEditar

O conjunto foi construído no final da década de 1970 pela Inocoop Centrab e oficialmente entregue em 1981, sendo portanto mais antigo que o vizinho Buritis.

No início do bairro era muito difícil o transporte devido as poucas saídas, característica que marca até os dias de hoje, vide o Buritis, tendo saída pelo antigo bairro Cercadinho que posteriormente foi absorvido pelo bairro Estoril. Nesta época o ônibus era chamado de “Poerinha” e passava pelo Jardim América.

Nos primeiros anos o comércio se limitava ao Mercado do Português, um mercadinho pequeno que usou a edificação do alojamento dos pedreiros da obra que ficava onde hoje e a entrada do Parque Estrela Dalva. E depois passou para onde seria construído o centro comercial. [2]

Na década de 1990, para evitar desavenças entre os moradores, principalmente por causa dos estacionamentos, passou-se a cercar as quadras e separar as áreas menores para melhor organizar a questão de condomínio da área e a segurança das mesmas.

A Quadra 89 foi a primeira a fazer o cercamento interno em virtude da segurança,sendo que aconteceu na Rua Deputado Sebastião Nascimento fundos com Rua Havana, foi no final dos anos 80. O projeto original do arquiteto Joel Campolina não previa cercamento externo e interno.

 
Centro Comercial
 
Posto de Saúde do Bairro

ParquesEditar

  • Parque Estrela Dalva.

Ruas e AvenidasEditar

  • Avenida Costa do Marfim;
  • Rua Manila;
  • Rua Áustria;
  • Rua Georgia;
  • Rua San Salvador;
  • Rua Havana;
  • Rua Deputado Sebastião Nascimento;
  • Rua Paulo Diniz Carneiro.

Referências