Abrir menu principal

Conjuração Carioca

Conjuração Fluminense foi uma associação de intelectuais que se reuniam, no Rio de Janeiro, em torno de uma sociedade literária, no fim do século XVIII[1]. Esta repressão ocorreu em 1794 na Sociedade Literária do Rio de Janeiro[2].

Um processo de devassa foi aberto e se estendeu de 1794 a 1795, sem que fossem encontradas provas conclusivas de que uma conspiração se encontrava em curso, além de livros de circulação proibida. Desse modo, os implicados detidos foram libertados.

Outras conjurações em domínios portuguesesEditar

Referências