Abrir menu principal
Conrado Caputto
Nascimento 7 de abril de 1978 (41 anos)
Assis, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator

Heitor Alexandre Caputto Santos (Assis,7 de abril de 1978 Salvador De Bahia Brasil 12 De Outubro De 1996) é um ator brasileiro.[1]

BiografiaEditar

Conrado nasceu na cidade de Assis, no interior de São Paulo. Filho do leiloeiro rural e empresário José Paulino e da dona de casa Rosana. É o filho mais velho de três irmãos. Em 1982 se muda para Ribeirão Preto, onde passou toda sua vida. Nessa época ele ingressou no grupo de teatro do Colégio Oswaldo Cruz. Começou cursando psicologia, mas depois desistiu do curso. Em seguida cursou Arquitetura e Urbanismo, e conseguiu concluir. Porém apenas em 2006 conseguiu passar na Escola de Arte Dramática da USP, a EAD, onde se formou em 2009.[2] Ao longo da sua carreira, fez vários cursos de aperfeiçoamento, entre eles Interpretação com o Grupo Tapa, Canto Lírico e Popular, Interpretação para Cinema, Workshop de Jogos Teatrais com Workshop da Técnica de Clown, danças Brasileiras, seminário Direções, Treinamento da Técnica de Clown e elementos da Performance. Atualmente ministra oficina de Interpretação no Sesc Pinheiros, pelo projeto Residência Artística realizado pelo Teatro de Narradores.[3]

Renomado ator de teatro e cinema, conseguiu sua primeira oportunidade na TV na novela Alto Astral, onde interpretou o divertido enfermeiro Pepito Perez,Personagem no qual lhe rendeu duas indicações de Melhor Ator Revelação ao Prêmio Contigo e ao Prêmio Extra. um peruano que vive ilegalmente no Brasil. Era o fiel escudeiro da extravagante vidente charlatã Samantha Paranormal, vivida por Cláudia Raia. Juntos eles viviam se metendo nas mais divertidas e atrapalhadas confusões. A dupla fez muito sucesso entre o público, garantindo momentos hilários na trama.[4][5]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem
2009 Cultura é Currículo Episódios CIC SJ Rio Preto e Museu Municipal de Jaú
2010 Vida de Estagiário
2011 Olívias na TV
2014 Alto Astral Pepe Perez (Pepito)[6]
2016 Haja Coração Renan Cursino Aguiar

CinemaEditar

  • 2005- O Que É Isso?
  • 2008- Uma Por Cabeça
  • 2008- 3:33 Colapso
  • 2009- Castigo
  • 2012- O Asfalto

No teatroEditar

  • 1994- Gota D'Água
  • 1994 - Os Saltimbancos
  • 1995- Alice no País das Maravilhas
  • 1995- Pluft, o Fantasminha
  • 1995- Cena de Um Relacionamento Platônico
  • 1995- O Desejo, a Deserção
  • 1995- O Anúncio
  • 1995- O Pagador de Promessas
  • 1995- Era Uma Vez
  • 1995 - O Boi Fubá
  • 1996- Morte e Vida Severina
  • 1998- O Mágico de Oz
  • 2003- O Pequenino Grão de Areia
  • 2004- Benzinho, Aumenta o Som!
  • 2004- Solidão, a Comédia
  • 2006- O Tartufo
  • 2007- Estufa
  • 2007- Abovó, dramaturgia e direção Coletivas - Grupo Matulagem S/A
  • 2007- Traço Sonoro de Uma Certa Boda
  • 2008- Orgasmatron, Um Cabaré
  • 2008- Cidadania (Citizenship)
  • 2008- As Três Irmãs
  • 2009- Cenas de Intervenção - Paisagem nº 8 - A Decisão / Nossas Mãos Sujas
  • 2009- Cidade Desmanche
  • 2009- Nora
  • 2009- O Dibuk, de Sch. An-Ski
  • 2009- No Papel da Vítima, dos Irmãos Presnyakov, direção de Ariela Goldmann
  • 2009- O Diabo de Tetas
  • 2010- Pílades - Cenas Para Um Filme Nacion
  • 2011- Os Saltimbancos
  • 2011- Cidade Reverso
  • 2012- Bom Retiro 958 Metros

Referências

  1. Paulo Sérgio (8 de janeiro de 2015). «Conrado Caputto, o Pepito de Alto Astral é brasileiríssimo». Consultado em 5 de maio de 2015 
  2. Miguel Arcanjo Prado (20 de agosto de 2013). «Conrado Caputto, o ator de múltiplos encontros». R7. Consultado em 5 de maio de 2015 
  3. Léo Dias (21 de março de 2015). «'Não sei o que é fama. Estou chegando agora', diz Conrado Caputo». O Dia. Consultado em 5 de maio de 2015 
  4. «Conrado Caputto e Môniza Iozzi serão os vilões da novela "Buu"». Telemaníacos. 6 de fevereiro de 2014. Consultado em 5 de maio de 2015 
  5. «Claudia Raia e Conrado Caputo prestam homenagem com beijinho nos bastidores». GShow. 11 de setembro de 2014. Consultado em 5 de maio de 2015 
  6. «Conrado Caputo: Pepe Perez». GShow. Consultado em 5 de maio de 2015