Abrir menu principal

Wikipédia β

Conspirator

filme de 1949 dirigido por Victor Saville
Conspirator
Traidor[1] (BR)
 Reino Unido
1949 •  p&b •  87 min 
Direção Victor Saville
Produção Arthur Hornblow Jr.
Roteiro Sally Benson
Humphrey Slater (livro)
Elenco Robert Taylor
Elizabeth Taylor
Gênero Suspense / Espionagem
Música John Wooldridge
Distribuição MGM
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Conspirator é um filme britânico de suspense e espionagem de 1949 dirigido por Victor Saville para a MGM. O roteiro de Sally Benson é baseado em livro homônimo de 1948 de autoria de Humphrey Slater. O filme causou alguma polêmica devido a diferença de idade dos atores protagonistas que formaram par romântico: Robert Taylor, na época na casa dos trinta anos avançados e Elizabeth Taylor, com apenas dezesseis anos de idade.

Índice

ElencoEditar

SinopseEditar

Melinda Greyton é uma jovem norte-americana de 18 anos em visita a parentes na Inglaterra. Levada pela prima Joyce a um baile de oficiais, ela conhece e se encanta com o Major Michael Curragh, de ascendência irlandesa. Apesar de admirado e da carreira militar promissora, Curragh secretamente é membro do Partido Comunista e repassa planos do Estado Maior Britânico para espiões da União Soviética, liderados pelo misterioso Comandante Radek. Ele reluta mas acaba se casando com Melinda, para ira dos parceiros do partido. Quando Melinda descobre sobre a espionagem do marido, Curragh recebe ordens para eliminá-la.

ProduçãoEditar

Os produtores tomaram cuidado para não mencionarem no filme os nomes de traidores britânicos da Segunda Guerra Mundial, tais como John Amery e Norman Baillie-Stewart, por medo de processos judiciais das famílias.[2] Há uma menção indireta a Baillie-Stewart quando um ator menciona "aquele sujeito da Torre" ("that fellow in the Tower"). O roteiro também traz similaridades com o então recente caso dos Espiões de Cambridge, que inclui Donald Maclean.

RecepçãoEditar

De acordo com os registros da MGM o filme arrecadou 859 mil dólares nos Estados Unidos e Canadá e 732 mil dólares em outros países, resultando em prejuízo.[3]

BibliografiaEditar

  • Walker, Alexander (1991). Elizabeth: The Life of Elizabeth Taylor. New York: Grove Press. ISBN 978-0802113351 

Referências

  1. Ottoni, Décio Vieira (27 de junho de 1950). «Cinema: "Traidor"». Diário Carioca, pág. 6. Consultado em 1 de fevereiro de 2018. 
  2. Walker 1991, p.78–79.
  3. The Eddie Mannix Ledger, Los Angeles: Margaret Herrick Library, Center for Motion Picture Study