Abrir menu principal

Controlo Automático de Velocidade

Secção de plena via, junto à Pampilhosa, na Linha da Beira Alta; cada uma das duas vias tem dois pares de balizas de convel, que são as placas amarelas quadradas, afixadas no solo, entre os carris.

O Controlo Automático de Velocidade, mais conhecido pela abreviatura Convel, é um sistema de segurança utilizado no transporte ferroviário, em Portugal.

Índice

CaracterizaçãoEditar

Consiste, essencialmente, num dispositivo que monitoriza a velocidade do veículo em que está instalado, activando automaticamente os travões caso se verifique uma velocidade excessiva, ou incumprimento da sinalização.[1] Este sistema recebe as suas informações a partir de uns emissores, denominados de balizas, que são colocados no solo, entre os carris.[1]

HistóriaEditar

Em 1986, foi assinado um contrato, entre a operadora Caminhos de Ferro Portugueses e as empresas Sistel e Alsthom, para a instalação do sistema de Controlo Automático de Velocidade na Linha de Sintra.[2] Este equipamento foi utilizado pela primeira vez em 1993, nas Linhas de Cintura e Sintra, e, no ano seguinte, começou a ser instalado nos comboios Intercidades e Alfa.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b REIS et al, p. 199
  2. a b REIS et al, p. 150

BibliografiaEditar

  • REIS, Francisco; GOMES, Rosa; GOMES, Gilberto; et al. (2006). Os Caminhos de Ferro Portugueses 1856-2006. [S.l.]: CP-Comboios de Portugal e Público-Comunicação Social S. A. 238 páginas. ISBN 989-619-078-X 

Ligações externasEditar