Abrir menu principal
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Logótipo dos Correios de Timor-Leste.

Correios de Timor-Leste (CTL) é a agência governamental responsável pela prestação de serviços postais em Timor-Leste.

HistóriaEditar

 
Central de correios de Díli.

Desde a era colonial portuguesa já havia um serviço postal e selos próprios para Timor Português. Porém, a partir da invasão e anexação de Timor-Leste pela Indonésia em 1975, os selos regulares indonésios foram utilizados como padrão.

O serviço postal de Timor-Leste foi recriado provisoriamente em abril de 2000 sob a administração da Organização das Nações Unidas.[1] O país só conseguiu retomar o seu território e tornar-se independente de facto a 20 de maio de 2002. No mesmo ano, o CTL ingressou na Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP),[2][3] e a 28 de novembro de 2003, um membro da União Postal Universal.[4] A 8 de junho de 2010, a nova sede dos correios está localizada na capital Díli e foi aberta ao público no mesmo ano.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «New Post Office Building in Díli «  Government of Timor-Leste». timor-leste.gov.tl (em inglês). Consultado em 4 de julho de 2018 
  2. «AICEP - Sobre a AICEP». www.aicep.pt. Consultado em 4 de julho de 2018 
  3. «AICEP - Membros». www.aicep.pt. Consultado em 4 de julho de 2018 
  4. UPU, Infoteam SA -. «Universal Postal Union – Timor-Leste (Dem. Rep.)». www.upu.int (em inglês). Consultado em 4 de julho de 2018 
  Este artigo sobre Timor-Leste é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.