Cruz de São Pedro

A Cruz de São Pedro ou Cruz Petrina é uma cruz latina invertida. É um dos símbolos da Igreja Católica, ante a decisão de São Pedro, Apóstolo, de ser crucificado de cabeça-para-baixo, eis que acreditava não ser digno de morrer como seu Mestre, Jesus Cristo. Nos Estados Unidos, a partir do neopentecostalismo, a cruz invertida foi associada a um imaginário anti-cristão. Esse novo significado passou a ser difundido por todo mundo através da mídia e, principalmente, por Hollywood. No entanto, tal acepção não condiz com as tradições centenárias e convencionais do simbolismo católico.[1]

Cruz de São Pedro

No CatolicismoEditar

A origem deste símbolo está na tradição católica que diz que São Pedro foi crucificado de cabeça-para-baixo, pois sentiu que não era digno de ser executado da mesma maneira que Cristo. É frequentemente usada com duas chaves, simbolizando as chaves do Céu.[2]

O teólogo Orígenes de Alexandria foi o primeiro a relatar que São Pedro foi crucificado de cabeça-para-baixo, a pedido do próprio, antevendo maior sofrimento. Alguns católicos usam esta cruz como símbolo da humildade e demérito perante a Cristo.

Satanismo e AnticristianismoEditar

Nas últimas décadas o símbolo foi associado a atitudes satânicas e anti-religiosas a partir do imaginário de que, invertida, a cruz latina representaria o oposto da cristandade.[2] Como resultado, a cruz de São Pedro acabou tornando-se popular entre grupos anti-religiosos.

Tal significado acabou difundido na cultura popular, especialmente em filmes de Hollywood como Rosemary's Baby, The Exorcism of Emily Rose e The Omen, onde o símbolo é freqüentemente mostrado quando a intenção é representar Satã.

Referências

  1. Saints For Dummies, pág. 33 - John Trigilio, Kenneth Brighenti - For Dummies - ISBN 9780470533581 (2010)
  2. a b Petting: Webster's Quotations, Facts and Phrases, pág. 272 - ICON Group International - ISBN 9780546718119 (2008)
  Este artigo sobre cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.