Cunegunda de Sternberg

Cunegunda de Sternberg (Benešov, 18 de novembro 1425  – Poděbrady, 19 de novembro de 1449) foi a primeira esposa de Jorge de Poděbrady, que mais tarde se tornou Rei da Boêmia.

Cunegunda de Sternberg
Rainha Consorte da Boêmia
Nascimento 18 de novembro de 1425 (597 anos)
  Benešov, Benešov, Boêmia Central, República Tcheca
Morte 19 de novembro de 1449 (24 anos)
  Poděbrady, Boêmia Central, Nymburk, República Tcheca
Sepultado em Paróquia Exaltação da Santa Cruz
Cônjuge Jorge de Poděbrady
Descendência Bocek IV de Poděbrady
Victor, Duque de Münsterberg
Henrique I, Duque de Münsterberg-Oels
Bárbara de Kunštát-Poděbrady
Catarina de Poděbrady
Sidônia de Poděbrady
Pai Smil de Sternberg
Mãe Bárbara de Pardubice
Religião Católica Romana

VidaEditar

Os pais de Cunegunda eram os nobres da Boêmia, Smil de Sternberg e Bárbara de Pardubice[1]. Em 1441, casou-se, com Jorge de Poděbrady, então com 21 anos, que tinha sido capitão do antigo círculo boêmio de Stará Boleslav[2], a partir de 1440. O casamento gerou três filhos:

  • Bocek IV de Poděbrady (1442-1496)
  • Victor, Duque de Münsterberg (1443-1500)
  • Henrique I, Duque de Münsterberg-Oels (1448-1498)

E três filhas:

Em 1444, Cunegunda fundou um hospital em Poděbrady. Recebeu o nome dela e permaneceu em operação até o início do século XX. Ela também criou uma fundação para a educação de jovens, construção de escolas e reabilitação de prisioneiros.

Ela morreu em 1449, um dia depois de seu vigésimo quarto aniversário, e cinco dias após dar à luz as gêmeas, por complicações do parto. Ela foi sepultada na igreja da paróquia Exaltação da Santa Cruz, em Poděbrady.

Ligações externasEditar

Notas de rodapéEditar

  1. My Heritage
  2. Adolf Bachmann (1878). "George of Poděbrady". In Allgemeine Deutsche Biographie (ADB) (em alemão). 8. Leipzig: Duncker & Humblot. pp. 602–610.


Referências