Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Dezembro de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cynic
Informação geral
Origem Miami, Flórida [1]
País  Estados Unidos
Gênero(s)
Período em atividade 1987 - 1994
2006 - presente
Gravadora(s) Roadrunner Records
Season of Mist
Integrantes Paul Masvidal[2]
Sean Reinert[1]
Ex-integrantes Jack Kelly
Mark Van Erp
Jason Gobel
Tony Choy
Sean Malone
Tony Teegarden
Santiago Dobles
Chris Kringel
David Senescu
Tymon Kruidenier
Robin Zielhorst[1]
Página oficial Cyniconline.com

O Cynic é uma banda de metal progressivo que incorpora elementos do experimental rock, rock alternativo, death metal técnico e jazz fusion, formada em 1987 na Flórida, Estados Unidos.[3][1][4][5][6]

Índice

HistóriaEditar

Cynic foi formado em 1987 pelo guitarrista Paul Masvidal[2] e pelo baterista Sean Reinert, com o line-up sendo completado por Mark Van Erp no baixo, e Jack Kelly no vocal. Com esta formação gravaram a primeira demo em 1988. Com a saída de Kelly, o guitarrista Paul Masvidal assumiu os vocais, tendo a adição de um segundo guitarrista, Jason Gobel. Outra demo foi registrada, Reflections of a Dying World, em 1989. Após isso o baixista Van Erp deixou a banda e foi substituído por Tony Choy, que participou da terceira demo da banda em 1990.[7]

A partir da década de 1990, a banda passou a receber influência do Atheist, acrescentando mais técnica ao death metal praticado pelo grupo. Após lançar outra demo em 1991, Masvidal e Reinert juntam-se a lendária banda de Chuck Schuldiner, Death, para a gravação do álbum Human. Após uma turnê mundial com o Death, retornam ao Cynic para a gravação de seu primeiro álbum, Focus, lançado em 1993. Sean Malone gravou o baixo após a saída de Tony Choy, que foi para o Atheist. Tony Teegarden fez o vocal e teclados neste álbum. O Cynic realizou uma turnê pela Europa com o Pestilence, até que última banda acabou. Fizeram então uma turnê pelos Estados Unidos com o Cannibal Corpse. Dana Cosley substituiu Teegarden durante esse período.[7]

Iniciaram ainda em 1994 a gravação do segundo álbum de estúdio, mas, tal como ocorreu com os holandeses do Pestilence, o Cynic também cessou as atividades no mesmo ano.[7]

Em 2003 quatro integrantes do Cynic, Sean Malone, Paul Masvidal, Jason Göbel e Sean Reinert, participaram da gravação do álbum Emergent, da banda de rock progressivo Gordian Knot, criada por Sean Malone.[7]

Em 2006 a banda volta a ativa com Masvidal, Malone, Reinert e Tymon Kruidenier, e lançam seu segundo disco em 2008, Traced In Air.[8]

IntegrantesEditar

Atuais
Ao vivo
  • Brandon Giffin - baixo (2011–presente)
  • Max Phelps - guitarra, vocal (2011–presente)
Antigos
  • Mark Van Erp - baixo (1987–1989)
  • Russell Mofsky - guitarra (1987)
  • Esteban "Steve" Rincon - vocal (1987)
  • Jason Gobel - guitarra (1988–1994)
  • Tony Choy - baixo (1991–1993)
  • Chris Kringel - baixo (1993–1994, 2006–2007)
  • Tony Teegarden - teclado, vocal gutural (1993–1994, 2006–2007)
  • Dana Cosley - (ao vivo) teclado, vocal gutural (1994)
  • Tymon Kruidenier - guitarra, vocal gutural, guitarra sintetizada (2008–2010)
  • Robin Zielhorst - fretless bass (2008–2010)
  • Sean Reinert - bateria e teclado) (1987–1994, 2006–2015)

Discografia[1]Editar

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e Encyclopaedia Metallum. «Cynic» (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2012 
  2. a b c Whiplash.net (12 de agosto de 2006). «Paul Masvidal relembra Chuck Schuldiner». Consultado em 26 de dezembro de 2012 
  3. Ratliff, B. From Jazz-Rock Fusion to Progressive Metal, With a Virtuosic Accompaniment, The New York Times, Feb. 2010, (acessado em 30 de Janeiro de 2011)
  4. Christina Henriques (26 de janeiro de 1994). «Faded Glory - Page 1 - Music - Miami». Miami New Times. Consultado em 17 de julho de 2011 
  5. sítio My Wire (1 de Fevereiro de 2007). «Cynic». Consultado em 4 de Dezembro de 2012. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2008 
  6. Photograph: Oliver Faig (16 de Dezembro de 2008). «Music: The best (and worst) of 2008 - Music - Time Out New York». Timeout.com. Consultado em 17 de julho de 2011 
  7. a b c d Rate Your Music. «Cynic Biography». Consultado em 16 de julho de 2019 
  8. Collectors Room. «Cynic - Traced in Air (2008)». Consultado em 16 de julho de 2019 

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.