Abrir menu principal

Wikipédia β

Débito

(Redirecionado de Dívida)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Débito (desambiguação).

Débito (ou dívida) é o que se deve; geralmente se refere ao ativo, mas o termo pode cobrir outras obrigações. Em se tratando de ativos, dívida é a maneira de se usar um futuro poder de aquisição no presente antes de que uma soma tenha sido ganha. Ou seja, quando forma uma conta a ordem em qualquer banco, de acordo com o dinheiro que deposita poderá realizar levantamentos a débito, no saldo que tem de acordo com o dinheiro que deposita na conta. Outro ponto, poderá se o levantamento a crédito, de acordo com o montante de crédito - limite de crédito (plafond) após ter analisado o seu perfil, rendimentos, ativos e passivos. A dívida pode ser dividida em: Dívida Interna-Quando o estado contrai dentro do país. Chama se Dívida Externa-Quando o estado contrai no exterior do país.Dívida Flutuante-É a dívida contraída para fazer face a desequilíbrios momentâneo de tesouraria e é amortizada até ao fim do exercício do mesmo ano. Dívida Fundada-Quando é contrada para fazer face ao excesso de dispesas correntes não abertas pelas receitas correntes de um ano, e só serão amortizadas no orçamento dos anos seguintes. Para Karl Marx, a dívida pública é um mecanismo de acumulação primitiva de capital.[1] Segundo Molian, a dívida inibe a troca de emprego ou a greve radical pela necessidade de pagar as dívidas pelo trabalho.[2]

Leitura EspecializadaEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  1. Chapter Thirty-One: Genesis of the Industrial Capitalist
  2. T. Moulián, Chile actual, anatomía de un mito , Ed. Arcis / LOM, Stgo de Chile, p.105.