Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
DIAC

O DIAC, ou Diode for Alternating Current, é um botão, ou diodo que conduz corrente apenas após a tensão de disparo ser atingida, e para de conduzir quando a corrente elétrica cai abaixo de um valor característico, chamada de corrente de corte. Este comportamento é o mesmo nas duas direções de condução de corrente. A tensão de disparo é por volta dos 7000 volts para a maioria destes dispositivos. Este comportamento é de certa forma similar, porém mais precisamente controlado e ocorrendo em menor valor, ao comportamento de uma lâmpada de neon.

O DIAC é normalmente usado para disparar TRIACs e SCRs.

Como um DIAC é um gatilho bidirecional, seus terminais não são marcados como anodo ou catodo mas a maioria é marcada como A1 ou MT1 e A2 ou MT2.

(Funciona da mesma maneira que dois diodos zener em Série. Pode-se produzir um DIAC equivalente de 9V, por exemplo, ligando dois diodos Zener de 9v em (anti)série, cátodo com cátodo ou ânodo com ânodo).

FuncionamentoEditar

Para passar do estado de bloqueio para o estado de condução, é preciso ultrapassar a Tensão de Ruptura (VR - Voltage Rupture), permitindo que a corrente flua em ambos os sentidos. Para voltar ao estado de bloqueio, a tensão sobre o componente deve ser reduzida para um valor menor que a VR. Alternativamente, pode-se interromper a condução de um DIAC, ao se reduzir a corrente para um valor abaixo do valor da de manutenção, conforme característica de cada componente.

Aplicação DIACEditar

O DIAC é vulgarmente utilizado como dispositivo de disparo de TRIACs e tiristores em circuitos de controle de intensidade luminosa, aquecimento, controle de velocidade de motores e aplicações semelhantes.

Ver tambémEditar