Abrir menu principal

Daniel 4 é o quarto capitulo do Livro de Daniel, no Antigo Testamento. É uma narrativa histórica do rei babilônico Nabucodonosor II que aprende uma lição sobre a soberania de Deus. Nabucodonosor tem novamente um sonho de uma grande e exuberante árvore, porém, no sonho esta grande árvore é cortada e arrancada por sete tempos. O sonho é interpretado pelo profeta Daniel, na qual esta árvore é o próprio rei, que seria tirado de sua grandeza e transportado a um local longe dos homens, comendo capim junto aos bois, somente após sete anos, Nabucodonosor voltaria ao seu palácio, e a sua glória, não antes de aprender a soberania de Deus.[1][2]

Referências

  1. Seow 2003, pp. 61–63.
  2. Albertz 2001, p. 178.

BibliografiaEditar

  • Towner, W. Sibley (1993). «Daniel». In: Coogan, Michael D.; Metzger, Bruce M. The Oxford Companion to the Bible. [S.l.]: Oxford University Press 
  • Towner, W. Sibley (1984). Daniel. [S.l.]: Westminster John Knox Press