Abrir menu principal

Daniele Balli

futebolista italiano
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Daniele Balli (Florença, 16 de setembro de 1967) é um ex-futebolista italiano que atuava como goleiro.[3]

Daniele Balli
Informações pessoais
Nome completo Daniele Balli
Data de nasc. 16 de setembro de 1967 (51 anos)
Local de nasc. Florença,  Itália
Altura 1,80 m[1]
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1976–1980
1980–1984
Audace Galluzzo[2]
Empoli[2]
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1985–1988
1988–1989
1989–1990
1990–1991
1991–1997
1997–1999
1999–2001
2001–2002
2003
2003–2008
2009
2009–2010
2010–2011
2012
Empoli
Trento (emp.)
Mobilieri Ponsacco (emp.)
Tempio (emp.)
Empoli
Salernitana
Ternana
Pistoiese
Nocerina
Empoli
Pisa
Cerretese
Fucecchio
Fucecchio
0 (0)
5 (0)
30 (0)
11 (0)
90 (0)
62 (0)
63 (0)
37 (0)
14 (0)
117 (0)
0 (0)
31 (0)
27 (0)
15 (0)

CarreiraEditar

Iniciou sua carreira profissional em 1985, no Empoli, clube onde teve os melhores momentos da carreira. Na sua primeira temporada, não foi aproveitado e foi emprestado a Trento, Mobilieri Ponsacco e Tempio (clubes da terceira divisão italiana) para ganhar mais experiência.

Mais experiente, retornou ao Empoli em 1991, jogando 90 partidas até 1997, quando foi contratado pela Salernitana, onde atuou por 2 temporadas. O goleiro atuou também por Ternana, Pistoiese e Nocerina, voltando pela segunda vez ao Empoli em 2003, aos 35 anos de idade.

Em sua nova passagem pelo time azul da Toscana, entrou em campo 117 vezes - a última delas em 2007, aos 40 anos. Depois de sair dos Gli Azzurri em 2008, assinou com o Pisa,[4] então na Série B italiana. Com a grave crise financeira que o time rubro-azul vivia, Daniele abandonou o clube sem jogar nenhuma partida oficial e chegou a se aposentar do futebol. Porém, em meados de 2009, volta aos gramados ao ser contratado pelo Cerretese, equipe amadora da Toscana, como treinador de goleiros. Entretanto, Balli queria voltar a jogar, e seu retorno aos gramados foi em 20 de setembro (4 dias após completar 42 anos), contra o Vaianese, pela Promozione, a sétima divisão italiana.

Em 2010 assina com outra agremiação amadora, o Fucecchio. Embora tivesse boas atuações, o clube não fazia um bom campeonato, fazendo com que o goleiro fosse dispensado. Porém, voltaria ao Fucecchio em 2012, entrando em campo 15 vezes antes de sua aposentadoria definitiva.

TítulosEditar

Referências

  1. «Daniele Balli». Sportbeat. Consultado em 12 de fevereiro de 2009 [ligação inativa] 
  2. a b Lazzaro, Pino. «Il mio calcio "pane e formaggio" (e molti caffè)» (em Italian). Scribd.com. Consultado em 13 de fevereiro de 2009 [ligação inativa] 
  3. «Daniele Balli». Transfemarkt. 22 de abril de 2019. Consultado em 22 de abril de 2019 
  4. «Pisa, ecco il portiere: arriva Balli» (em italiano). Corriere dello Sport – Stadio. 12 de fevereiro de 2009. Consultado em 13 de fevereiro de 2009 [ligação inativa]