Abrir menu principal

Defending Your Life

filme de 1991 dirigido por Albert Brooks
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Defending Your Life» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.
Defending Your Life
Em Defesa da Vida (PRT)
Um Visto Para o Céu (BRA)
 Estados Unidos
1991 •  cor •  111[1] min 
Direção Albert Brooks
Produção Robert Grand
Michael Grillo
Herb Nanas
Roteiro Albert Brooks
Elenco Albert Brooks
Meryl Streep
Rip Torn
Lee Grant
Buck Henry
Gênero comédia dramática
comédia romântica
fantasia
Música Erroll Garner
Michael Gore
Cinematografia Allen Daviau
Edição David Finfer
Companhia(s) produtora(s) The Geffen Film Company
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Estados Unidos 22 de março de 1991
Idioma inglês
Receita US$ 16.4 milhões
Página no IMDb (em inglês)

Defending Your Life (br: Um Visto Para o Céu / pt: Em Defesa da Vida) é um filme de comédia romântica de 1991 sobre um homem que, após a sua morte, deve se defender de algumas faltas importantes que cometeu ao longo da sua vida, principalmente por terem tido medo ou serem dominados pelo medo. Isto ocorre em um local denominado "Cidade do Julgamento", construído à semelhança de muitas cidades americanas. A depender do resultado do julgamento, a pena pode ser renascer no planeta Terra ou, no caso de sucesso, renascer em um planeta mais adiantado.[2] O filme foi escrito, dirigido e estrelado por Albert Brooks. Também é estrelado por Meryl Streep, Rip Torn, Lee Grant e Buck Henry.

O filme foi filmado em Los Angeles, Califórnia. Apesar de suas implicações cômicas, Defending Your Life contém elementos de drama e alegoria.

O filme recebeu críticas positivas na maioria das críticas e detém uma classificação de 97% no Rotten Tomatoes (baseado em 32 comentários).[3] O filme não foi um sucesso de bilheteria, arrecadando US$16 milhões nos Estados Unidos. Ele recebeu três indicações ao Saturn Award, como Melhor Atriz (Meryl Streep), Melhor Filme de Fantasia e Melhor Roteiro (Albert Brooks).

Sobre a resposta dos fãs ao longo dos anos, Brooks disse à Rolling Stone: "Eu recebi milhares e milhares de cartas de pessoas que tinham parentes que estavam morrendo, ou eles estavam morrendo, e o filme fez com que eles se sentissem melhor. Eu acho que é porque apresenta alguma possibilidade que não envolve nuvens e imagens fantasmagóricas".[4]

ElencoEditar

Shirley MacLaine tem uma aparição como apresentadora holográfica do "Pavilhão de Vidas Passadas" - uma referência à sua crença publicamente conhecida na reencarnação.

RecepçãoEditar

A Revista Variety classificou como "inventive e de leve capricho"<-- Traduzir in which Brooks has a "little fun with the Liliom idea of being judged in a fanciful afterlife, but he doesn't carry his conceit nearly far enough."-->[5] Roger Ebert chamou de "engraçado de um jeito caloroso, fuzzy" e um filme com um "final esplendidamente satisfatório, o que é incomum para um filme dirigido por Albert Brooks film."[6] The New York Times chamou o filme de "o mais perceptivo e convincente desta recente onda de filmes carpe diem; uma referência para filmes como Dead Poets Society (1989), Field of Dreams (1989), e Ghost (1990).[7] Richard Schickel escreveu:[8]

Defending Your Life is better developed as a situation than it is as a comedy (though there are some nice bits, the stand-up comedian asking Daniel how he died- "on stage, like you" and a hotel lobby sign that reads, WELCOME KIWANIS DEAD). But Brooks has always been more of a muser than a tummler, and perhaps more depressive than he is manic. He asks us to banish the cha-cha-cha beat of conventional comedy from mind and bend to a slower rhythm. His pace is not that of a comic standing up at a microphone barking one-liners, but of an intelligent man sitting down by the fire mulling things over. And in this case offering us a large slice of angel food for thought.

PremiaçõesEditar

Veja tambémEditar

Referências

  1. http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=defendingyourlife.htm
  2. «Defending Your Life - Rotten Tomatoes». www.rottentomatoes.com. Consultado em 20 de abril de 2012 
  3. Defending Your Life (em inglês) no Rotten Tomatoes. Retrieved 2009-10-18.
  4. Wood, Jennifer (22 de março de 2016). «'Defending Your Life' at 25: Albert Brooks on Making a Comedy Classic». Rolling Stone. Wenner Media. Consultado em 24 de março de 2016 
  5. «Defending Your Life». Variety. 1991. Consultado em 18 de outubro de 2009 
  6. Roger Ebert (5 de abril de 1991). «Defending Your Life». Chicago Sun-Times. Consultado em 18 de outubro de 2009 
  7. Caryn James (21 de abril de 1991). «Carpe Diem Becomes Hot Advice». The New York Times. Consultado em 18 de outubro de 2009 
  8. Richard Schickel (25 de março de 1991). «Defending Your Life». Time. Consultado em 18 de outubro de 2009 
  9. AFI's 100 Years...100 Laughs Nominees

Ligações externasEditar