Der Stürmer

Der Stürmer (algo como "O Tempestuoso" ou "O Atacador"[1]) foi um semanário nazista publicado por Julius Streicher de 1923 até o fim da Segunda Guerra Mundial em 1945, com breves interrupções de circulação devido a dificuldades legais. Foi parte significativa da máquina de propaganda nazista e era veementemente antissemita. Diferentemente do Völkischer Beobachter, o jornal oficial do partido que dava a si mesmo uma aparência externamente séria, o Der Stürmer fazia o estilo tablóide e freqüentemente publicava material tais como caricaturas anti-semitas e acusações de cunho panfletário contra os judeus. Além disto, fazia propaganda de textos anticomunistas, anticapitalistas com o objetivo de conquistar um público mais amplo, especialmente na classe baixa. O semanário apontava que os judeus eram os responsáveis pela Degeneração e a Anarquia no mundo e os causadores da Polarização política na Alemanha de Weimar,da Grande Depressão em 1929,do Bolchevismo na Rússia e da Desigualdade social no mundo.

Der Stürmer
Sede Nuremberga
País Alemanha Nazista
Fundação 1923
Fundador Julius Streicher
Editor Julius Streicher
Idioma língua alemã
Data de encerramento 1945 (77 anos)

Referências

  • Imbleau, Martin. "Der Stürmer". "Encyclopedia of Genocide and Crimes Against Humanity". Ed. Dinah Shelton. Vol. 1. Detroit: Macmillan Reference USA, 2005. 247-249. 3 vols. Gale Virtual Reference Library. Thomson Gale.
  • Wistrich, Robert. "Who’s Who in Nazi Germany". Routledge, Nova York, 1995, q.v. Streicher, Julius.
  • Bytwerk, R.L. Julius Streicher. Nova York: Cooper Square, 2001, p. 59.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Der Stürmer
  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.