Abrir menu principal

Panteão nórdico

(Redirecionado de Deuses nórdicos)

O panteão nórdico ou germânico é composto por duas[1] famílias principais de deuses, os Aesir e os Vanir, sendo que os primeiros tornaram-se durante a Era Viquingue, as divindades mais importantes, suplantando os antigos deuses Vanir, que são de origem mais antiga que os primeiros.[2] Uma peculiaridade que é comum entre todas as crenças de origem indo-europeia, é que os deuses possuem as mesmas fraquezas dos humanos (em relação aos sentimentos), mas possuem por outro lado grandes poderes (imortalidade) e habitam em seus próprios mundos, fora da Terra, chamada de Asgard (Asgard)[3].

Na literatura nórdicaEditar

Segundo, os poemas islandeses da Edda, e a prosa de Snorri Sturluson, no Skáldskaparmál ("A Linguagem Poética") há doze deuses principais, que costumam ser os juízes nas assembleias, sentando-se em seus grandes tronos: Tor, Njörðr (Niord), Freir, Týr, Heimdall, Bragi, Víðár (Vidar), Váli, Ullr, Haenir, Forseti e Loki, presididos pelo maior de todos, Odim; e as suas companheiras são: Frigg, Freia, Gefion, Iðun (Idun), Gerðr (Gerd), Sigyn, Fulla e Nana. Porém há outros deuses e deusas, não menos importantes, mas que são pouco descritos pela mitologia.
Para os nórdicos da época, três destes deuses eram particularmente invocados: Odim (deus da vitória nas guerras), Tor (deus das curas nas doenças) e Freir (deus do sol e da natureza).[4]

Apresenta três livros:

A mitologia nórdica é tão rica ou até mais em personagens se comparada com a mitologia greco-romana. São também muitas suas lendas e seus personagens, que, aliás, são ricos em parentescos, casais, filhos, etc. Há vários seres, tais como elfos, anões e gigantes que também foram objeto de cultos diversos.

Lista das divindades nórdicas e correlatosEditar

  • Aegir - Senhor do Mar – Esposa: Ran
  • AesirRaça dos Deuses Guerreiros – Odim, Tor e Tyr
  • Alcis - Gêmeos, Deuses do Céu
  • Andhrímnir - Cozinheiro dos Deuses
  • Aurvandil - Personagem menor do Skáldskaparmál
  • AsgardUm dos nove mundos, mundos dos Aesir
  • Balder - Deus do Brilho, da Paz, do Renascer - Esposa: Nana
  • Borr - Pai de Odim, Vili e Ve - Esposa: Bestla
  • Bragi - Deus da Poesia - Esposa: Iðunn
  • Búri - Mais antigo dos Deuses, pai de Borr
  • Dag - Deus do Dia – filho de Delling (aurora) e Nótt (noite)
  • Delling - Deus do Alvorecer – Pai de Dagr, com Nott
  • EirDeusa da Cura, da Medicina
  • Elli - Personificação da Velhice
  • Fjorgynoutro nome para a mãe de Tor
  • Forseti - Deus da Justiça, Paz, Verdade – filho de Balder, com Nana
  • Freia - Deusa da Fertilidade, Bem estar, Amor, Beleza, Mágica, Profecia, Guerra, Batalha, Morte – Marido: Óðr
  • Frei - Deus do Sol e da Natureza - Esposa: Gerd
  • Frigg - Deusa do Casamento e da Maternidade – Marido: Odim
  • Fulla - Aia de Frigg
  • Fenrir- Filho de Loki com a Gigante Angrboda Destinado a crescer e devorar Odim durante Ragnarök
  • GefjunDeusa da Fertilidade, dos Arados, recebe as Virgens mortas
  • Hela - Rainha do “Hel ou Niflheim, o mundo dos Mortos
  • Heimdallr (Rígr) - um dos Æsir e Guardião do Reino de Asgard
  • Hermodr - Filho e mensageiro de Odim
  • Hlín - Deusa da Consolação
  • Hoder - Deus do Inverno, cego, matou Balder
  • Hœnir - Deus Silencioso, companheiro de Odim e de Loki
  • Iðunn - Deusa guardiã das Maças douradas da Juventude – Marido: Bragi
  • Jörð - Deusa da Terra – Mãe de Tor, com Odim
  • JotunRaça de Gigantes
  • Kvasir - Deus da Inspiração, da Eloquência sábia
  • Lofn - Deusa do Amor
  • Loki - Deus enganador, do Engodo, Mentira, Discórdia, Fogo - Esposa: Sigyn ou Saeter
  • Máni - Deus da Lua
  • Mímir - Tio de Odim; gigante da Sabedoria
  • Magni - Filho de Tor e Járnsaxa, deus da força
  • Meili - Irmão de Tor
  • MimingTroll das Florestas; Hoder matou Balder com a espada de Miming
  • Modi - Filho de Tor, deus da fúria
  • Nana - Uma Ásynja, esposa de Balder, mãe de Forseti
  • NealândiaDeusa da Abundância
  • Nerto - Deusa da Terra, ligada a Njord
  • Njörd - Deus do Mar, Vento, Peixes, Navios, Saúde
  • NornsAs três Deusas do Destino: Urd (Fado), Verdandi (Presente), Skuld (Futuro)
  • Nótt - Deusa da Noite, filha de Narvi, mãe de Auð (com Naglfari), Jörð (com Annar) e Dagr (com Delling)
  • Odim (Wotan) - Senhor do Æsir. Deus da Guerra, sabedoria, Poesia, Estudo – Esposa: Frigg.
  • Óttar – amante de Freia
  • Ran - Deusa do Mar, dos Afogados – Marido: Aegir
  • Saga - Divindade obscura, deusa da sabedoria
  • Sif - Esposa de Tor, deusa da fertilidade da terra
  • Sjöfn - Deusa do Amor
  • Skadi - Deusa do Inverno – Marido: Njord
  • Skirnir- Escudeiro de Frei
  • Skuld - (Futuro) uma das Norns, fica em Yggdrasill( a àrvore do Mundo).
  • Snotra - Deusa da Prudência
  • Sol (Sunna) - Deusa do Sol
  • Syn - Deusa das passagens e fronteiras
  • Thor (Donar) - Deus do Trovão, Céu, Batalha, Colheitas – Esposa: Sif
  • Týr (Ziu, Saxnot) - Deus da Guerra, da Justiça
  • Ullr - Deus das Habilidades, Caça, Duelo, filho de Sif e Tor
  • Urd - (Fado) uma das Norns, fica em Yggdrasill (a àrvore do Mundo)
  • ValquíriasMulheres aliadas dos Deuses Guerreiros
  • Vali - Deus da Vingança, filho de Odim
  • VanirRaça de Deuses benevolentes e da fertilidade - Njörðr, Freia, Frei
  • Var - Deusa do Contrato
  • Ve - Um dos Deuses da Criação, com Odim e Vili, seus irmãos
  • Verdandi - (Presente) uma das Norns, fica em Yggdrasill (a árvore do Mundo)
  • Vidar Filho de Odim com a Gigante Grider, Matador de Lobo Fenrir.
  • Vili - Um dos Deuses da Criação, com Odim e Vé, seus irmãos
  • Vör - Deusa da Sabedoria, da Verdade
  • Thrúd - Filha de Tor e Sif, uma das Valquírias

Pseudo-divindades nórdicasEditar

Não presentes nas fontes mais antigas:

  • Astrild - Deusa do Amor – confunde-se com Freia
  • Esli - Deus da Discordia – confunde-se com Amos
  • Jofur - Algo como Júpiter Romano confunde-se com Tor
  • Bronosuposto filho de Balder - confunde-se com Dagr ou Forseti
  • Geirrendour -suposto Pai das Sereias - confunde-se com Adgir
  • Glúm - suposto auxiliary de Frigg
  • Laga - suposta Deusa dos Poços e Fontes – possível origem em Laha (mitol. Celta)

Referências

  1. cybersamurai.net Aesir Arquivado em 14 de maio de 2011, no Wayback Machine.
  2. cybersamurai.net Vanir Arquivado em 13 de julho de 2011, no Wayback Machine.
  3. timelessmyths.com Midgard
  4. Henrikson, Alf; Björn Berg (1963). «Frej ätt». Svensk historia (em sueco). Estocolmo: Bonnier. p. 38. 1062 páginas. ISBN 91-0-055344-1