Dhogs é um filme independente galego en língua galega[2] dirigido pelo meirense Andrés Goteira que foi estreado no ano de 2017. Trata-se do primeiro filme do diretor,[3] e é protagonizado por Carlos Blanco Vila, Antonio Durán "Morris", Miguel de Lira, Melania Cruz, Iván Marcos e María Costas. Estreou no Festival Internacional de Cine Independente de Buenos Aires (BAFICI) em 19 de abril de 2017, competindo dentro da seção de Vanguarda e Gênero deste evento.[4] Trata-se do primeiro filme rodado em galego estreado no Festival de Cinema de Sitges,[5] em 9 de outubro de 2017.[6] Na Galícia, a estreia se passou no Festival de Cine Internacional de Ourense em 21 de outubro de 2017.[7]

Dhogs
Flag of Spain.svg Espanha
Direção Andrés Goteira
Produção Suso López
Elenco Melania Cruz
Antonio Durán "Morris"
Miguel de Lira
Carlos Blanco Vila
Iván Marcos
María Costas
Gênero suspense
Música Óscar Trigo
Germán Díaz
Direção de fotografia Lucía Catoira Pan[1]
Edição Juan Galiñanes
Andrés Goteira
Companhia(s) produtora(s) Gaitafilmes
Pixelfilms
Lançamento Festival de Cine Independente de Buenos Aires
Idioma {{{idioma}}}
Orçamento 120.000 €

ProduçãoEditar

O filme contou com financiamento da Agência Galega das Indústrias Culturais e da Deputação de Lugo, mas também conseguiu parte do orçamento do filme a partir da plataforma Verkami, com mais de 400 contribuintes. Foi filmado em várias localidades da Galiza, como Viveiro, As Pontes, Oleiros e A Coruña, assim como no Deserto de Tabernas, en Almería.[8]

Prêmios e indicaçõesEditar

Os Prêmios Mestre Mateo de 2017 indicaram Dhogs a dezessete prêmios em quinze categorias, das quais ganhou treze:[9]

Categoria Pessoa Resultado
Melhor longa-metragem Ganhadora
Melhor diretor Andrés Goteira Ganhador
Melhor ator Iván Marcos Ganhador
Melhor atriz Melania Cruz Ganhadora
Melhor ator secundário Antonio Durán "Morris" Ganhador
Melhor ator secundário Carlos Blanco Vila Nomeado
Melhor ator secundário Miguel de Lira Nomeado
Melhor atriz secundária María Costas Ganhadora
Melhor roteirista Andrés Goteira Ganhador
Melhor direção de produção Suso López Ganhador
Melhor direção artística Noelia Vilaboa Ganhador
Melhor montagem Andrés Goteira e Juan Galiñanes Ganhador
Melhor música original Germán Díaz Ganhador
Melhor som David Machado e Javier Pato Ganhadores
Melhor fotografia Lucía Catoira Pan Ganhadora
Melhor maquiagem e penteado Ana Coya Nomeada
Melhor desenho de vestiário María Porto Nomeada

Referências

  1. CRTVG (ed.). «Lucía Catoira Pan, directora de fotografía en 'Dhogs' de Andrés Goteira» (em galego). Consultado em 8 de outubro de 2017 
  2. «Estrea mundial en Buenos Aires da película 'Dhogs' de Andrés Goteira». Culturagalega.org (em galego). 3 de abril de 2017. Consultado em 8 de outubro de 2017 
  3. Rodríguez, J. C. (6 de abril de 2017). «La película 'Dhogs', del meirense Andrés Goteira, lista para su estreno». Cadena Ser. Consultado em 8 de outubro de 2017 
  4. «La película "Dhogs", de Andrés Goteira, se estrenará en el festival internacional de cine independiente de Buenos Aires (BAFICI)». El Blog de Cine Español (em espanhol). Consultado em 8 de outubro de 2017 
  5. Dopico, Montse (4 de agosto de 2017). «Andrés Goteira: "Dhogs pregunta se imos quedar, como sociedade, aí sentados sen facer nada"». Praza.gal (em galego). Consultado em 8 de outubro de 2017 
  6. «'Dhogs' estréase o 9 de outubro no Festival de Sitges». 5 de outubro de 2017. Consultado em 8 de outubro de 2017 
  7. «DHOGS | OUFF | Festival de Cine Internacional de Ourense». www.ouff.org (em galego e espanhol). Consultado em 29 de outubro de 2017. Arquivado do original em 30 de outubro de 2017 
  8. «Andrés Goteira». Crea.gal (em galego). Consultado em 8 de outubro de 2017 
  9. «A longametraxe Dhogs arrasa nos XVI Premios Mestre Mateo». Academia Galega do Audiovisual (em galego). Consultado em 4 de março de 2018 
  Este artigo sobre um filme do cinema espanhol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.