Abrir menu principal

Didi & Lili - Geração Mangá

Didi & Lili - Geração Mangá
Imagem ilustrativa padrão; esse artigo não possui imagem.
País de origem  Brasil
Língua de origem Português
Editora(s) Escala
Formato de publicação 16,0 x 21,5 cm
Encadernação Brochura
Primeira edição Fevereiro de 2010
Número de álbuns 10
Género(s) Aventura Comédia, Romance, Fantasia
Personagens principais Didi (Renato Aragão)
Lili (Lívian Aragão)
Editora(s) lusófona(s) Brasil Editora Escala
Número de páginas 68

Didi & Lili - Geração Mangá foi uma revista em quadrinhos brasileira, no estilo mangá idealizada pelo quadrinista Franco de Rosa. Ela surgiu durante a onda dos "mangás jovens" após o sucesso de Turma da Mônica Jovem e Luluzinha Teen e sua Turma tendo como personagens principais o humorista Didi Mocó, que fora interpretado por Renato Aragão em Os Trapalhões, e sua filha Lili (Lívian Aragão), que também participou de filmes e programas do pai[1] [2]. Aragão já havia se inspirado nos mangás para fazer o filme O Guerreiro Didi e a Ninja Lili (2008).[3] A revista teve 10 edições. As histórias tiveram histórias produzidas pelo próprio Franco de Rosa (roteiro), Debrah Demaris (roteiro), Wanderley Felipe (roteiros, desenhos, arte-final e aplicação de retículas), Sergio Morettini (desenhos), Ivan Rodrigues (desenhos), Arthur Garcia (desenhos) Alexandra Mattos (desenhos) e Sergio Morettini (desenhos), Daniel Rosa (letras).[4][5]


EnredoEditar

A revista narra a vida de Lili, agora uma adolescente de 15 anos e seu pai super-protetor Didi. Lili é caracterizada como uma adolescente alegre e apaixonada que possui várias amigas, enquanto que Didi é um pai brincalhão que protege sua filha além de ainda considerá-la uma criança as vezes. As histórias abordam os mais variados temas desde as paixões de Lili até aventuras com fantasia e ficção. Embora tendo a presença do Didi, Lili atua mais como protagonista principal já que grande parte das histórias giram em torno dela.

Referências

  1. Didi ganha nova revista em quadrinhos
  2. Carlos Costa (24 de fevereiro de 2010). «Didi & Lili: nova HQ em estilo mangá nas bancas». site HQManiacs. Consultado em 3 de março de 2010. Arquivado do original em 3 de março de 2010 
  3. Luiz Carlos Merten (31 de dezembro de 2008). «'O Guerreiro Didi e a Ninja Lili' chega às telonas nesta sexta». O Estado de S. Paulo 
  4. Didi ganha nova revista em quadrinhos
  5. Didi & Lili - Geração Mangá #10

Ver tambémEditar

Referências