Abrir menu principal

Discussão:Fraternidade Sacerdotal de São Pio X

ARTIGO PARCIALEditar

O Artigo está totalmente parcial e repleto de propaganda e apologia a FSSPX. Chegaram a publicar discurso do Arcebispo Marcel Lefebvre para justificar a postura da FSSPX e seu suposto "estado de necessidade da Igreja da Igreja" que justificasse as ordenações irregulares de seus 4 Bispos. Além disso sempre omitem na seção Controvérias os fatos negativos em relação a FSSPX como sua ligação ao grupos nazistas e outras facões de extrema direita, sua negação do holocausto e anti-semitismo. Além de tudo o artigo na versão atual contém muitos erros entre os quais destaca-se a afirmação de que a União Sacerdotal São João Maria Vianney é um grupo dissidente da FSSPX. Qualquer pesquisa histórica mostra que a União Sacerdotal não é produto da FSSPX, pois a mesma tem origem na Diocese de Campos e sua fundação deve-se ao Bispo Dom Antônio de Castro Mayer e somente em fase posterior os mesmos tiveram relações com a FSSPX, sem se unirem a eles. Portanto solicito aos editores da Wikipedia que revisem o artigo e comparem-no com a versão anterior mais sintética e imparcial e portanto mais realista pois está isenta de propaganda e apoio a ideologia lefebvrista.
comentário não assinado de 200.189.119.250 (discussão • contrib) Revisão das 13h41min de 20 de agosto de 2015 (UTC)

Fiz questão de ler o artigo e não vi nele parcialidade alguma. Os princípios e relações da Sociedade com a Igreja Católica estão bem descritos e bem referenciados. Qual o problema em colocar a a citação do Arcebispo Lefebvre? Se acha que está parcial, edite e referencie, segundo sua visão, mas NÃO apague texto referenciado. Esteja avisado.
PauloMSimoes (discussão) 22h41min de 20 de agosto de 2015 (UTC)

Falta de referenciasEditar

Na seção "controversias" nao ha nenhuma referencia aos fatos expostos.
comentário não assinado de Ertgs (discussão • contrib) Revisão das 01h53min de 25 de abril de 2014 (UTC)

O ARTIGO EM GERALEditar

O artigo está péssimo. Os factos parecem ser secundários, e as opiniões são abundantes. A FSSPX deve se definida, em primeiro lugar pelos estatutos de sua criação, pela intenção inicial proferida, e pela designação da autoridade que a instituiu (desta nem sequer vem referência).

Em todo o artigo notam-se "correntes" diferentes, por isso parece estarmos frente a uma manta de retalhos. Nota-se mão sedevacantista, nota-se mão modernista-conservadora, nota-se a mão dos pró-Bento XVI e dos anti-Bento XVI... Há informação FUNDAMENTAL que desaparece, e há desenvolvimentos surrealistas que chegam à fantasia. Muito do que aqui se encontra é "informação jornalística". Não se chega a entender quem é quem nem os motivos das coisas; por exemplo: como pode certo autor escrever que o Papa foi generoso ao remover excomunhões se é público que a FSSPX sempre tinha dito que as ditas excomunhões não são canonicamente sustentáveis?! Ora... o autor está a tomar partido a custo de saltar assuntos fundamentais, e isso chama-se PROPAGANDA.

Este artigo é uma propaganda ideológica, sem dúvida.
comentário não assinado de 2.82.16.80 (discussão • contrib) Revisão das 21h17min de 23 de junho de 2015 (UTC)

Imparcial.Editar

O artigo não está parcial. Há no artigo falas de bispos contrários à FSSPX. A situação canônica oficial da FSSPX que é irregular é evidente no artigo. Em nenhum lugar foi dito que o sermão de Dom Lefebvre seria para justificar a postura da FSSPX. As controvérsias sem fonte foram removidas e deixadas apenas as referenciadas. Na página não fala da União Sacerdotal Marcel Lefebvre.
comentário não assinado de Eaden (discussão • contrib) 17h02min de 20 de agosto de 2015 (UTC)

Assunto colocado fora de contextoEditar

Ao meu ver, na seção História, o parágrafo Citação: A Fraternidade dá mostras de fidelidade a Roma, como a peregrinação à cidade eterna no Jubileu do ano 2000 e as orações diárias pelo Papa está sem contexto, dando a impressão que foi introduzido no artigo sem qualquer critério, truncando o assunto tratado. Além disso, fontes do Wordpress não são necessariamente fiáveis, pois é um blog, que pode ser criado por qualquer usuário, cuja autoridade poderia ser contestada, pelo menos quanto ao texto. No entanto, há o vídeo da EWTN que pode levar à desconsideração disto.
PauloMSimoes (discussão) 17h22min de 21 de agosto de 2015 (UTC)

Regressar à página "Fraternidade Sacerdotal de São Pio X".