Discussão:Sal

Discussões ativas



UntitledEditar

Esse artigo não faz o menor sentido. --Grynz 16:16, 13 Dezembro 2006 (UTC)

Dei uma arrumadela no artigo, a ver se o melhoro nos próximos tempos... Por enquanto está na minha lista de vigiados, tinha sido bastante vandalizado. PatríciaR mensagem 18:01, 18 Abril 2007 (UTC)

Ajeitei o artigo, pois muitos termos empregados não são do conhecimento de muitas pessoas, como "gobelé", onde o termo "béquer" é melhor empregado, dado que o termo mais correto seria "copo (ou frasco) de Béquer", devido à sua tradução do original "becker flask".

Qualquer coisa, pode me contatar.

André Carvalho 22:21, 24 Abril 2007 (UTC)

O termo "béquer" é completamente desconhecido em Portugal, e além disso você fez várias modificações na norma do Português utilizada no artigo (como iões -> íons, electrólito -> eletrólitos). Por favor, leia Wikipedia:Versões da língua portuguesa. PatríciaR mensagem 09:46, 25 Abril 2007 (UTC)

Tomando a etimologia da palavra béquer, conforme postei, o termo torna-se sem sentido. Uma tradução deve ficar o mais próximo possível do termo original, independente se for desconhecido em outro país ou não.

O mais popular em um local não indica ser o mais correto. Senão, haverá diversas variantes em cada local, dada as diferenças lingüísticas entre "n" dialetos. André Carvalho 19:21, 25 Abril 2007 (UTC)

Desculpe, mas não entendi nada do que escreveu. Qual termo se torna sem sentido dada a etimologia da palavra "béquer"? Haverá diversas variantes linguísticas em que local? No artigo? Porque diz que o termo "gobelé" (tradução do francês "gobelet") é menos correcto que "béquer"? PatríciaR mensagem 11:00, 26 Abril 2007 (UTC)

Bom, se vc não entendeu sobre lingüística, não posso fazer nada. Explicar as bases da etimologia em mensagens curtas é absurdamente inviável. Béquer não é uma palavra francesa, mas uma derivação do anglicismo Beaker, nome do criador da vidraria. Se o nome vem do francês ou não, torna-se, portanto, irrelevante. Eu poderia usar este argumento e usar o nome sob qualquer idioma. Ademais, o português não é originário do francês. Ambos possuem origem no latim. Isso é certo! Portanto, a derivação do estrangeirismo deve ser feita mediante o nome original, ainda mais considerando que não há raiz latina para tal aparelho (por motivos óbvios). As referências em latim que eu encontrei são confusas.

Se levarmos em conta outros idiomas latinos, becher em versão italiana é bécher também (lembrando que bécher também é de uso corrente no português; enquanto que Vaso de precipitados é o nome em espanhol. Como o estudo das línguas e idiomas é divertido, não é mesmo?! Para evitar maiores rusgas, vou deixar artigo do jeito que você postou. Combinado assim?

Abraços, André Carvalho 00:12, 27 Abril 2007 (UTC)

Não, de facto não entendo nada de linguística, por isso pedi a explicação. Sou uma bioquímica, não uma linguista, mas ao menos sei que o português não deriva do francês, não sei a que propósito veio esse seu comentário. Mas pelos vistos você não percebe o meu português. Porque em lado algum eu disse que béquer tinha origem francesa, eu escrevi que gobelé tinha origem na palavra francesa gobelet, e que o termo é usado em Portugal em detrimento de béquer. No entanto, vou corrigir-me numa coisa: "béquer" é usado em algumas escolas em Portugal, pelo que o termo não é, contrariamente ao que eu tinha dito inicialmente, completamente desconhecido em Portugal. Por essa razão, eu própria substituirei o termo no texto. Mas não faça mais alterações na versão do português como as que apontei também (iões -> íons, electrólitos -> eletrólitos).
E não precisa de me agredir com o seu sarcasmo, limitei-me a apontar um problema e a querer discuti-lo. Ah! E em Portugal também se usa "copo de precipitação", à semelhança do espanhol vaso de precipitados. Também é divertido aprender a usar (e respeitar) diferentes versões do português. Cumprimentos. PatríciaR mensagem 11:33, 27 Abril 2007 (UTC)

Lamento. Não uso "diversas" formas de língua portuguesa. Senão, seria obrigado a render-me ao pseudodialeto usado por adolescentes (o que chamamos de "miguxês", já que adoram usar a letra X). Como amante da linguística e apaixonado pelo vernáculo, pouco se me dá a forma que usem. O certo nunca será suplantado pelo errado. Queiram ou não.

E se você confundiu argumentação com sarcasmo (sim, eu ainda acho divertido aprender sobre a origem dos idiomas, ao contrário de muitos que os vêem como uma obrigação tediosa), bem... Também não está dentro de minhas preocupações. Ainda mais considerando que não houve argumentação, justificativa nem explicação adequadas. Mas, só o reconhecimento de que o termo referido por mim não é desconhecido – muito pelo contrário, é ensinado em entidades de ensino – já é de grande valia.

A scintilla una augetur ignis.

Longos e tranqüilos sejam os seu dias. André Carvalho 17:58, 27 Abril 2007 (UTC)

Vida longa e próspera... Por mim esta discussão morreu. PatríciaR mensagem 21:39, 27 Abril 2007 (UTC)

Respeitar as diferenças entre o português de Portugal e do Brasil é necessário. Gostaria de convidá-los a ver os artigos mol e CNTP. Observem a preocupação que tive nisto. Idem para o artigo Nitrogênio, ao qual montei uma discussão para justificar o porquê de eu ter movido azoto--> nitrogênio.

As vezes a mim é inevitável mexer no texto e, quando faço isso, uso o português do Brasil. A regra é: Ao definir algo, coloque os nomes nos diversos idiomas e pronto. Remover nunca. Reverter pura e simplesmente as palavras entre os idiomas é algo que está nas próprias regras da Wikipédia como "algo a não se fazer", logo, não discuto isso.

Abraços

--Mago® 13:25, 27 Abril 2007 (UTC)

O Mago disse tudoEditar

Como leitor da Wikipédia, acho educado e muito interessante respeitar (e mencionar) as diferenças entre o Português do Brasil e de Portugal. Saber ambos os termos, foi, por diversas vezes, proveitoso em minha vida acadêmica; isso graças aos artigos da Wikipédia que mencionam as diferentes formas.

Boa sorte e abraços a todos. Obrigado. o comentário precedente não foi assinado por 201.1.58.191 (discussão • contrib.) JSSX uai 23h13min de 24 de Setembro de 2007 (UTC)

reversõesEditar

Estou cansado de ver neste artigo editores IP praticarem aquilo que não é permitido na WIkipédia, ou seja, mudar constantemente de uma forma para outra. Exemplo: Anião <-> Ãnion. --Mago® (discussão) 01h25min de 11 de Setembro de 2008 (UTC)

Regressar à página "Sal".