Domenico Cocoli

Domenico Cocoli (Bréscia, 12 de agosto de 1747 – Bréscia, 27 de novembro de 1812) foi um matemático e físico italiano,[1][2] especialmente ativo em hidráulica.[3] Foi um renomado físico na então República de Veneza, depois República Italiana (1802-1805).[3]

Domenico Cocoli
Nascimento 1747
Bréscia
Morte 1812 (65 anos)
Bréscia
Ocupação matemático, físico
Proposizioni fisico-matematiche, 1775

BiografiaEditar

Nascido em Bréscia em 1747, começou a estudar arquitetura e mais tarde recebeu uma pensão de um rico patrono para continuar seus estudos.[3] Em 1774 foi professor de física e matemática. Em 1777 publicou sua obre Elementi di geometri e trigonometria.[3] Graças à fama do livro tornou-se consultor da República de Veneza, estando entre os cinco físicos que trataram do problema das enchentes do rio Brenta.[3] Até 1797 desempenhou várias atribuições.[3] Em 1802 foi nomeado membro do Collegio dei Dotti da [[República Italiana (1802-1805)|República Italiana Napoleônica]].[3]

ObrasEditar

Referências

  1. «Domenico Cocoli». WorldCat.org 
  2. «Katalog der Deutschen Nationalbibliothek». d-nb.info (em alemão). Consultado em 31 de março de 2021 
  3. a b c d e f g Giambattista Corniani (1833). I secoli della letteratura italiana dopo il suo risorgimento (em italiano). [S.l.]: coi tipi di Vincenzo Ferrario. p. 463