Abrir menu principal

Doom (jogo eletrônico de 2016)

vídeojogo de 2016
Doom
Desenvolvedora(s) id Software
Publicadora(s) Bethesda Softworks
Diretor(es) Marty Stratton
Hugo Martin
Produtor(es) Timothy Bell
Projetista(s) Jason O'Connell
Escritor(es) Adam Gascoine
Programador(es) Billy Ethan Khan
Artista(s) Hugo Martin
Compositor(es) Mick Gordon
Motor id Tech 6
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 4
Xbox One
Série Doom
Conversões/
relançamentos
Nintendo Switch
Data(s) de lançamento Microsoft Windows,
PlayStation 4 & Xbox One

13 de maio de 2016
Nintendo Switch
10 de novembro de 2017
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Um jogador
Multijogador
Doom 3
Doom Eternal

Doom é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela id Software e publicado pela Bethesda Softworks. Foi lançado mundialmente em 13 de maio de 2016 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One, com uma conversão para Nintendo Switch estreando em 10 de novembro do ano seguinte. É o quarto título principal da série Doom e o primeiro grande jogo da série lançado desde Doom 3 em 2004. A história acompanha um fuzileiro espacial enquanto luta contra forças demoníacas em uma colônia de Marte. A jogabilidade tem um ritmo rápido e envolve navegação de ambientes, combate com diferentes tipos de armas e a capacidade de realizar execuções especiais. Também estão presentes um modo multijogador e um editor de fases.

Doom foi originalmente anunciado em 2008 como Doom 4 e originalmente se passaria na Terra, porém enfrentou grandes problemas de desenvolvimento, versões consideradas de pouca qualidade e muito lineares. O projeto foi reiniciado do zero em 2011 e seu foco mudou para ser um reinício da franquia. A equipe se esforçou para poder criar uma jogabilidade que pudesse competir com franquias como Call of Duty e Battlefield, já que os jogadores mais jovens estavam pouco familiarizados com Doom. A id colocou pouca ênfase na história e em vez disso concentraram-se em criar fases "exageradas" e uma jogabilidade rápida. A trilha sonora foi composta por Mick Gordon, que procurou criar músicas que respeitassem o passado mas que fossem mais modernas.

Doom foi muito bem recebido ao finalmente ser lançado. Elogios foram dados para sua campanha um jogador, gráficos, trilha sonora e especialmente jogabilidade, com muitos críticos afirmando que o jogo recapturava o espírito dos primeiros jogos da série e dos títulos de tiro da década de 1990. O elemento multijogador atraiu o maior número de críticas, que foi considerado abaixo do alto nível estabelecido pela campanha solo. Ele teve bons números de vendas e ficou em segundo lugar nas tabelas dos mais vendidos nos Estados Unidos e Reino Unido ao estrear, também tendo vencido e sido indicado a diversos prêmios entregues por publicações da indústria. Uma sequência chamada Doom Eternal está em desenvolvimento e foi anunciada em 2018.

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.