Dream Lover

filme de 1994 dirigido por Nicholas Kazan


Dream Lover (bra: A Mulher dos Meus Sonhos[2]) é um filme independente americano de 1993 dos gêneros drama, mistério e suspense erótico. Foi escrito e dirigido por Nicholas Kazan e estrelado por James Spader e Mädchen Amick, com Bess Armstrong, Frederic Lehne e Larry Miller em papéis coadjuvantes. A trilha sonora original foi composta por Christopher Young.. Foi lançado em seu país de origem no dia 6 de maio de 1994, através da Gramercy Pictures.[3]

Dream Lover
No Brasil A Mulher dos Meus Sonhos
 Estados Unidos
1993 •  cor •  103 min 
Direção Nicholas Kazan
Produção Sigurjón Sighvatsson
Wallis Nicita
Lauren Lloyd
Produção executiva Steve Golin
Edward R. Pressman
Roteiro Nicholas Kazan
Elenco James Spader
Mädchen Amick
Bess Armstrong
Frederic Lehne
Larry Miller
Gênero drama
mistério
suspense erótico
Música Christopher Young
Cinematografia Jean-Yves Escoffier
Edição Susan R. Crutcher
Jill Savitt
Companhia(s) produtora(s) PolyGram Filmed Entertainment
Propaganda Films
Nicita/Lloyd Productions
Edward R. Pressman Productions
Distribuição Gramercy Pictures (EUA)
Lançamento
  • outubro de 1993 (1993-10) (MIFED, Itália)
  • 6 de maio de 1994 (1994-05-06) (EUA)
Idioma inglês
Receita US$ 256 264[1]

SinopseEditar

O filme começa com um processo de divórcio envolvendo Ray Reardon, um arquiteto de sucesso, e sua primeira esposa. Pouco depois do divórcio, ele concorda em ir à inauguração de uma galeria para encontrar uma mulher com quem seu amigo desagradável, Norman, o coloca em um relacionamento.

Enquanto está lá, ele se envergonha ao esbarrar em uma mulher, fazendo-a derramar vinho em si mesma. Ela não perde tempo abusando verbalmente dele. Uma semana depois, ele encontra a mulher, chamada Lena Mathers, no supermercado. Ela pede desculpas por seu comportamento e os dois vão jantar. Eles fazem sexo no dia seguinte, casam-se logo em seguida e tornam-se pais.

Apesar de sua felicidade no casamento, Ray fica desconfiado depois de pegar Lena em várias mentiras sobre seu passado. Com o tempo, Ray fica cada vez mais paranóico quando sua esposa começa a mostrar hematomas que ela não explica e começa a fazer coisas que indicam que ela está tendo um caso. Durante um confronto tenso, Lena provoca Ray alegando ter tido um caso com um amigo seu não identificado e se recusando a dizer a Ray se seus filhos são biologicamente dele. Ray bate em Lena, que o prende e o leva a um hospital psiquiátrico para observação.

Apesar de uma tentativa de provar que Lena está mentindo, o juiz considera Ray mentalmente incapaz e ordena que ele seja detido por seis meses. Pouco depois de Ray ser internado, Lena admite reservadamente para ele que suas suspeitas sobre ela estavam corretas o tempo todo e que ela planejou durante anos fazer o que fez para obter seu dinheiro.

Percebendo que ele foi completamente enganado e sua propriedade e filhos usurpados, Ray elabora um plano para buscar vingança. Ele convence um de seus amigos a contar a Lena que ela cometeu um erro em seu "plano mestre". Lena aparece em sua festa de aniversário para falar com ele. Ray a atrai para longe dos atendentes que deveriam estar supervisionando-o e diz a ela que tê-lo declarado louco foi o "erro" porque ele agora não poderia ser responsabilizado legalmente por matá-la. Ele então começa a estrangulá-la até a morte no gramado.

ElencoEditar

Prêmios e indicaçõesEditar

Referências

  1. «Dream Lover». Box Office Mojo (em inglês). Estados Unidos: IMDb. Consultado em 5 de dezembro de 2022 
  2. «A Mulher dos Meus Sonhos». Cineplayers. Brasil. Consultado em 20 de setembro de 2020 
  3. Janet Maslin (6 de maio de 1994). «Dream Lover (1994)». www.nytimes.com 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.