Dritëro Agolli

Dritëro Agolli (13 de outubro de 19313 de fevereiro de 2017) foi um poeta albanês.

Dritëro Agolli
Nascimento 13 de outubro de 1931
Devoll
Morte 3 de fevereiro de 2017 (85 anos)
Tirana
Cidadania Reino da Albânia, República Popular Socialista da Albânia, Albânia
Alma mater
Ocupação jornalista, poeta, escritor, roteirista
Causa da morte pneumopatia
Página oficial
http://dritero.com/
Assinatura
Dritëro Agolli (nënshkrim).svg

Agolli estudou o primário em Gjirokastër e concluiu os estudos de jornalismo na Universidade Estatal de São Petersburgo (na época chamada Leningrado), na década de 1950. De volta a Albânia, viveu em Tirana onde escreveu para o jornal Zëri i Popullit, controlado pelo Partido do Trabalho da Albânia.[1] Seus primeiros poemas foram publicados em 1958.

Em suas obras, tanto as poesias como os contos e novelas, idealiza o sistema comunista e ao que chama de "novo homem", figura que os comunistas albaneses colocaram como meta.[carece de fontes?]

Agolli morreu de doença pulmonar em 3 de fevereiro de 2017, em Tirana, aos 85 anos.[2]

Referências

  1. «Dritëro Agolli» (em albanês). fajtori.com. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  2. «Albanian writer Dritero Agolli dies at 85» (em inglês). globaltimes.cn. 4 de fevereiro de 2017. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.