Abrir menu principal

Duque de Gandía (em catalão: Ducat de Gandia) é um título hereditário espanhol cuja origem é o "Senhorio de Gandía", fundado em 1323 por Jaime II de Aragão e foi criado em 1399 como "duque de Gandía" por Martinho de Aragão e concedido a Afonso de Aragão e Foix. Como ele morreu sem descendentes, o título passou da Casa de Aragão para a Casa de Trastámara.

O título foi recriado em 1483 por Fernando II de Aragão como um favor ao cardeal Rodrigo Bórgia para seu filho Pedro Luís (Pier Luigi de Borgia)[1]. O ducado passou depois para o meio-irmão de Pedro Luís, Juan Borgia. Ele foi assassinado e seu jovem filho tornou-se o terceiro duque. O quarto era o religioso São Francisco Bórgia, que se tornou jesuíta após a morte de sua esposa, com quem ele tinha uma grande família, aceitou assumir como quinto duque. O filho mais jovem do sexto do duque, Gaspar de Borja y Velasco, foi bispo, diplomata e cardeal.

Duques de GandíaEditar

Casa de AragãoEditar

  • Pedro de Aragón y Anjou. Senhorio de Gandía. (1323–1359)
  1. Afonso de Aragão e Foix (Manorialism of Gandía 1359–1399) (como duque de Gandía entre 1399 e 1412)
  2. Afonso de Aragão e Eiximenis (1412–1422)
  3. Hugo de Cardona y de Gandía (1425–1433)

Casa de TrastámaraEditar

Casa de Borja (Bórgia)Editar

Em 20 de dezembro de 1483, o título foi recriado por Fernando II de Aragão e entregue à Casa de Bórgia, da Espanha e Itália[2].

  • Pedro Luís de Borgia , 1º duque
  • Giovanni Borgia (Juan de Borja), 2º duque
  • Juan de Borja y Enríquez de Luna, filho de Giovanni Borgia, (1495–1543), 3º duque
  • São Francisco Bórgia, 4º duque
  • Carlos de Borja y Aragón, 5º duque
  • Francisco Tomás de Borja Aragón y Centelles, 6º duque
  • Francisco Carlos de Borja Aragón y Centelles, 7º duque
  • Francisco Diego Pascual de Borja Aragón y Centelles, 8º duque
  • Francisco Carlos de Borja Aragón y Centelles, 9º duque
  • Pascual Francisco de Borja Aragón y Centelles, 10º duque
  • Luis Ignacio Francisco Juan de Borja Aragón y Centelles, 11º duque
  • María Ana Antonia Luisa de Borja Aragón y Centelles, 12ª duquesa (m. 1748)

Atualmente, a única família patrilinear Borja ou Bórgia reside na Equador e Chile. Um de seus mais proeminentes descendentes é Rodrigo Borja Cevallos, ex-presidente do Equador.

  1. Salazar y Acha 2010, p. 16
  2. 6. Catholic Encyclopedia, Volume 1 "The Borgias". (Old Catholic Encyclopedia) New York, Robert Appleton Company (a.k.a. The Encyclopedia Press), 1907.

Casa de PimentelEditar

  • Francisco de Borja Alfonso Pimentel y Borja
  • María Josefa Pimentel y Téllez-Girón

Casa de OsunaEditar

  • Pedro de Alcántara Téllez-Girón y Beaufort
  • Mariano Téllez-Girón y Beaufort
  • Pedro de Alcantara Téllez-Girón y Fernández de Santillán
  • María de los Dolores Téllez-Girón y Dominé
  • Ángela María Téllez-Girón y Duque de Estrada (desde 1952)
  • Ángela María de Solís-Beaumont, XVII duchess of Arcos
  • Ángela María de Ulloa, XXI condesa de Ureña

Ver tambémEditar

Referências

BibliografiaEditar

  • Hollingsworth, Mary (2011): The Borgias. History's Most Notorious Dynasty. Quercus. ISBN 978-0857389169

Ligações externasEditar