Edifício Andorinha

Edifício Andorinha
História
Arquiteto
Período de construção
1930 - 1934 (86 anos)
Abertura
1934 (86 anos)
Demolição
1996 (62 anos)
Uso
Arquitetura
Estilo
Antena
2 metros
Telhado
10 metros
Altura do último andar
12º andar
Pisos
12
Administração
Referências
Localização
Localização
Endereço

O edifício Andorinha, inaugurado em 1934, foi uma construção brasileira situada na cidade do Rio de Janeiro, destruído em 1986.

HistóricoEditar

Incêndio no Edifício Andorinha
Outros nomes Incêndio da Almirante Barroso
Participantes Funcionários do Edifício Andorinha
Localização   Rio de Janeiro,   RJ,   Brasil,   América Latina
Data 17 de fevereiro de 1986 (34 anos)
Resultado 21 mortos, e mais de 50 feridos ou queimados

Situava-se na esquina Avenida Graça Aranha com a Avenida Almirante Barroso no centro do Rio de Janeiro.

Incendiou-se, após um curto-circuito no sistema elétrico de um dos andares em 17 de fevereiro de 1986, matando 21 pessoas e ferindo mais de 50.[3]

No edifício havia um painel em mosaico do artista Belmiro de Almeida. Salva do incêndio, a obra ficou cerca de vinte anos abandonada, até ser recuperada no começo do século XXI, estando em exposição no bairro da Lapa, na capital carioca.[3]

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

* JBlog Hoje na Historia: 17 de fevereiro de 1986: Fogo e desespero no Andorinhas