Editorial Calvino Limitada

Editorial Calvino foi uma editora brasileira da cidade do Rio de Janeiro.

Editorial Calvino Limitada
Editora
Fundação 1931
Fundador(es) José Calvino Filho
Sede Rio de Janeiro
Produtos Livros
Antecessora(s) Calvino Filho Editora

HistóricoEditar

Iniciada por volta de 1931[1], sob o nome Calvino Filho. Nos anos de 1940, mediante suas publicações de tendência marxista, no enfrentamento da censura do Estado Novo[2], chegou a ser considerada o órgão da seção carioca do Partido Comunista[3]..

Obras publicadasEditar

Com o selo Calvino Filho EditoraEditar

  • “Ideas, Homens e Factos”, Maurício de Medeiros
  • “Rússia”, Maurício de Medeiros, 1931
  • “A Palavra Honrada e Altiva de Washington Luis”, Calvino Filho, 1931
  • “Outras revoluções Virão”, Maurício de Medeiros, 1932
  • “Minha Vida da Infancia a Mocidade Memorias 1867-1893”, Medeiros e Albuquerque, 1933
  • “Um Engenheiro Brasileiro na Rússia”, Cláudio Edmundo, 1933
  • “O Tyrano”, Dostoievsky, 1933
  • “Catolicismo, Partido Político Estrangeiro”, Carlos Süssekind
  • “Corja”, João Cordeiro, 1933 (originalmente, o único romance de João Cordeiro, morto em 1938, seria chamado de “Boca Suja”, mas o nome foi mudado por insistência do editor)[4]
  • “Materialismo Histórico em 14 Lições”, L. Tchefkiss, 1934
  • “O Favorito da Imperatriz”, Assis Cintra, 1934
  • “Capitalismo e Comunismo”, Vários Autores, 1934.
  • “Vitória ou Derrota? Campanha no Setor Sul de São Paulo em 1932”, Major Dilermando de Assis, 1936

Com o selo Editorial CalvinoEditar

  • “Coleção de Estudos Sociais”, tendo entre suas publicações “Lenine”, de D. S. Mirski, 1943
  • “Coleção A Verdade sobre a Rússia”, tendo entre suas publicações “O Cristianismo e a Nova Ordem Social”, de Hewlett Johnson, “Missão em Moscou”, de Joseph Davies, “Stalin”, de Emil Ludwig, “Dez Dias que Abalaram o Mundo”, de John Reed - 1943
  • “A China Luta pela Liberdade”, de Ana Louise Strong, 1943
  • “Anti-Dühring”, de Engels, 1944
  • “História do Socialismo e das Lutas Sociais” (Tradução de Horácio Mello), Max Beer, 1944
  • “URSS: Uma Nova Civilização”, de Sydney e Beatrice Webb, 1945
  • "Duas táticas", V.I.Lenin , 1945
  • "Que fazer ?", V.I.Lenin , 1946
  • "Stalin", Instituto MEL , Sidney e Beatrice Webb , Anna Louise Strong , Emil Ludwig , Henri Barbusse e Em. Yarolavski , 1946
  • “A Rússia na Paz e na Guerra”, Ana Louise Strong, 1945
  • “O Gênio da Revolução Proletária”, Instituto, Marx - Engels - Lenin de Moscou
  • “Coleção de Cultura Sexual”[5]: “O Corpo e o Amor”, de Magnus Hirschfeld, “A Velha e a Nova Moral Sexual”, de Bertrand Russell, “Biologia da Mulher”, de Dr. Francisco Haro, “A Vida Sexual Normal e Patológica”, de Dr. Eugênio Mesonero Romanos, “A Vida sexual dos Macacos”, de Dr. S. Zuckermann, “O Sexo na Educação”, de H. E. Barros e V. F. Calverton.
  • Zé Brasil, Monteiro Lobato, 1948 (a edição de 1947 é da Editora Vitória).

Ver tambémEditar

Referências

  1. As obras mais antigas publicadas pela editora datam do ano 1931.
  2. Folha de S.Paulo, Almanaque
  3. Hallewell, 1985, p. 420
  4. BUENO, Luis, p. 209, Uma História do Romance de 30
  5. RIBEIRO, Paulo Rennes Marçal, p. 68, Sexualidade e Educação: aproximações necessárias

Referências bibliográficasEditar