Edviges de Eschauemburgo

Edviges de Eschauemburgo, também conhecida como Edviges de Holsácia (em alemão: Heilwig ou Hedwig; c. 13981436)[1][2] foi suo jure ´duquesa de Holsácia e condessa de Eslésvico. Também foi senhora de Werle-Güstrow pelo seu primeiro casamento com Baltasar de Werle, e posteriormente, condessa de Oldemburgo pelo seu segundo casamento com Teodorico de Oldemburgo. Foi mãe do rei Cristiano I da Dinamarca.

Edviges
Duquesa de Holsácia
Condessa de Eslésvico
Senhora de Werle-Güstrow
Representação de Edviges na árvore genealógica do rei Cristiano IV da Dinamarca, presente no Castelo Rosenborg, em Copenhague.
Condessa de Oldemburgo
Reinado 23 de novembro de 14231436
Antecessor(a) Adelaide de Oldemburgo-Delmenhorst
Sucessor(a) Catarina de Hoya
 
Nascimento 1398
Morte 1436 (38 anos)
Sepultado em Igreja de São Lamberto, Oldemburgo, Baixa Saxônia, Alemanha
Cônjuge Baltasar de Werle
Teodorico, Conde de Oldemburgo
Descendência Cristiano I da Dinamarca
Maurício V de Oldemburgo
Gerardo VI de Oldemburgo
Adelaide, Condesse de Mansfeld
Casa Eschauemburgo
Meclemburgo
Oldemburgo
Pai Gerardo VI de Holsácia-Rendsburgo
Mãe Catarina Isabel de Brunsvique-Luneburgo

FamíliaEditar

Edviges foi a segunda filha e terceira criança nascida de Gerardo VI de Holsácia-Rendsburgo e de Catarina Isabel de Brunsvique-Luneburgo. Seus avós paternos eram o conde Henrique II de Holsácia-Rendsburgo e Ingeburga de Meclemburgo. Seus avós maternos eram o duque Magno II de Brunsvique-Luneburgo e Catarina de Anhalt-Bernburgo.

Ela teve cinco irmãos, que eram: Ingeburga, freira e abadessa em Vadstena; o conde Henrique IV de Holsácia-Rendsburgo; o conde Adolfo VIII de Holstein, e o conde Gerardo VII de Holsácia-Rendsburgo, marido de Inês de Baden.

Edviges era descendente do rei Érico V da Dinamarca através da linhagem paterna, e do rei Abel da Dinamarca pela linhagem materna.

BiografiaEditar

Em 18 de maio de 1411, foi obtida uma dispensa papal para o casamento de Edviges e Baltasar, filho de Lourenço de Werle e de Matilde de Werle. Eles se casaram quase cinco anos depois, em 18 de abril de 1417.

Baltasar não teve filhos com a primeira esposa, Eufêmia de Meclemburgo, e nem com Edviges. Ele morreu em 5 de abril de 1521.

Em 23 de novembro de 1423, Edviges tornou-se a segunda esposa do conde Teodorico de Oldemburgo, filho do conde Cristiano V de Oldemburgo e de Inês de Honstein. Ele tinha sido marido de Adelaide de Oldemburgo-Delmenhorst.

De seu segundo casamento, teve quatro filhos.

A condessa faleceu no ano de 1436, e foi sepultada na Igreja de São Lamberto, na cidade de Oldemburgo, na Alemanha.

DescendênciaEditar

  • Cristiano I da Dinamarca (fevereiro de 1426 - 21 de maio de 1481), rei da Dinamarca, Suécia e Noruega. Foi marido de Doroteia de Brandemburgo, com quem teve cinco filhos;
  • Maurício IV de Oldemburgo (1428 - 9 de agosto de 1464), conde de Oldemburgo. Foi casado com Catarina de Hoya, com quem teve três filhos;
  • Gerardo VI de Oldemburgo (1430 - 22 de fevereiro de 1500), conde de Oldemburgo. Foi marido de Adelaide de Teclemburgo, com quem teve onze filhos;
  • Adelaide de Oldemburgo (n. antes de 1433), primeiro foi esposa de Ernesto II, conde de Honstein, e depois de Gerardo VI, conde de Mansfeld. Sem descendência.

AscendênciaEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Edviges de Eschauemburgo

Referências