Abrir menu principal

Ehime (prefeitura)

província do Japão
(Redirecionado de Ehime)
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Japão Ehime Prefeitura

愛媛県

Ehime-ken

 
  Prefeitura  
transliterações em Japonês
 • Japonês 愛媛県
 • Rōmaji Ehime-ken
Símbolos
Bandeira de Ehime Prefeitura
Bandeira
Selo de Ehime Prefeitura
Selo
Localização
Localização de Ehime Prefeitura
País Japão
Região Shikoku
Ilha Shikoku
Administração
Capital Matsuyama
Governador Tokihiro Nakamura (since December 2010)
Características geográficas
Área total 5 676,44 km²
População total (1 de novembro de 2010) 1 430 086 hab.
Densidade 251,93 hab./km²
Outras informações
Distritos 7
Municipalidades 20
Flor Satsuma mandarin (Citrus unshiu)[1]
Árvore Pinheiro (Pinus)[1]
Ave Japanese robin (Erithacus akahige)[1]
Peixe Red sea bream (Pagrus major)[1]
www.pref.ehime.jp/index-e.htm
Mapa de Ehime

Ehime (prefeitura) (愛媛県 Ehime-ken?) é uma prefeitura no noroeste de Shikoku, Japão.[2] A capital é Matsuyama.[3]

HistóriaEditar

Até a Restauração Meiji, a província de Ehime era conhecida como província de Iyo.[4] Antes mesmo do período Heian a área era dominada por pescadores e marinheiros que tiveram um papel de especial importância na defesa do território japonês de piratas e das invasões mongóis.

Depois da Batalha de Sekigahara, o Xogum Tokugawa concedeu a área aos seus aliados, nos quais se incluía Kato Yoshiakira que construiu o Castelo de Matsuyama, formando o centro histórico da actual Matsuyama.

Ehime significa "donzela formosa" - o vocábulo foi escrito pela primeira vez no livro clássico japonês Kojiki, referindo-se a esta região (愛比売).

GeografiaEditar

Localizada na parte noroeste de Shikoku, Ehime faz fronteira com o mar interior de Seto a norte; com as províncias de Kagawa e Tokushima a leste e com a província de Kochi no sul.

A província inclui uma zona montanhosa no interior e uma vasta zona costeira junto a um grupo de ilhas que pertencem ao mar interior de Seto.

CidadesEditar

Em negrito, a capital da prefeitura.

DistritosEditar

Fusões urbanasEditar

Expansão de ImabariEditar

A 16 de Janeiro de 2005, as seguintes 11 localidades do distrito de Ochi fundiram-se na cidade (expandida) de Imabari: Asakura, Hakata, Kamiura, Kikuma, Miyakubo, Namikata, Omishima, Onishi, Sekizen, Tamagawa, e Yoshiumi.

Expansão de MatsuyamaEditar

A 1 de Janeiro de 2005 , a antiga cidade de Hojo e a localidade de Nakajima do antigo distrito Onsen (dissolvidas por esta fusão) fundiram-se na cidade expandida de Matsuyama.

Expansão de SaijoEditar

A 1 de Novembro de 2004 a antiga cidade de Toyo e as localidades de Komatsu e Tanbara do antigo distrito de Shusou (dissolvidas por esta fusão) fundiram-se na cidade expandida de Saijo.

Fusão de KamijimaEditar

A 1 de Outubro de 2004, Ikina, Iwagi, Uoshima e Yuge (todas do distrito de Ochi) fundiram-se formando a nova cidade de Kamijima.

Fusão de SeiyoEditar

A 1 de Abril de 2004 todas as localidades do antigo distrito de Higashiuwa (dissolvido por esta fusão) e Mikame do distrito de Nishiuwa fundiram-se, formando a nova cidade de Seiyo.

EconomiaEditar

A área que circunda Matsuyama tem uma actividade econonómica importante que inclui construção naval, indústria química, refinarias de petróleo, além de produção têxtil e de pasta de papel. A parte rural da província dedica-se essencialmente à pesca, à produção de fruta (laranjas) e pérolas de cultura.

DemografiaEditar

CulturaEditar

 
Dogo Onsen

As águas termais mais antigas existentes no Japão, a Dogo Onsen, localiza-se em Matuyama. Foi usada por mais de duzentos anos.

Personalidades célebresEditar

Referências

  1. a b c d 愛媛県の紹介 > 愛媛県のシンボル. Ehime prefectural website (em japonês). Ehime Prefecture. Consultado em 9 de setembro de 2011. Arquivado do original em 9 de janeiro de 2008 
  2. Nussbaum, Louis-Frédéric. (2005). "Ehime" no Japan Encyclopedia, p. 170 no Google Livros.
  3. Nussbaum, "Matsuyama" at p. 621 no Google Livros.
  4. Nussbaum, "Provinces and prefectures" em Japan Encyclopedia, p. 170.

Ligações externasEditar