Emundo II da Suécia

Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Emundo da Suécia.

Emundo II da Suécia - conhecido como Emund Eriksson (lit. "Emundo, filho de Érico") - falecido em c. 970 - foi um rei lendário dos Suíones, de historicidade comprovada, que reinou em Uppsala no séc. X.[1][2] De acordo com Adão de Brema, Emundo foi um aliado do rei dinamarquês Harold Blåtand, tendo sido convertido ao cristianismo e batizado em 960.[3]

Emundo II
Emund Eriksson
Emund Slemme
Rei dos Suíones
Reinado século X
Sucessor(a) Érico, o Vitorioso
Morte 970

Adão cita Érico, o Vitorioso como o sucessor de Emundo, mas não indica qual relação, parentesca ou não, haveria entre eles. Ele pode muito bem ter sido o irmão de Biorno III, que as Sagas nórdicas ou Sagas Norueguesas, nomeiam como sendo o pai de Érico, o Vitorioso. Esta teria sido, de acordo com o sistema de co-regência germânica (diarquia) em que dois irmãos foram eleitos reis, e foram, aparentemente, ambos aceites pelos suecos.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Lagerqvist, Lars; Nils Åberg (2004). «Saga och sägen om våra förhistoriska kungar (Lendas e tradições dos nossos reis pré-históricos)». Litet lexikon över Sveriges regenter (Pequeno léxico dos regentes da Suécia) (em sueco). Boda kyrkby: Vincent. p. 8. 63 páginas. ISBN 91-87064-43-X 
  2. Ohlmark, Åke (1975). «Emund Eriksson». Fornnordisk lexikon (em sueco). Estocolmo: Tiden. p. 70. 202 páginas. ISBN 91-550-1914-5 
  3. Lagerqvist, Lars O (1997). «Forntid». Sveriges Regenter. Från forntid till nutid (em sueco). Estocolmo: Norstedts. p. 27. 440 páginas. ISBN 91-1-963882-5 

Precedido por
Érico V-
Rei da Suécia
950-970
Sucedido por
Érico, o Vitorioso
Precedido por
Emundo I-
Rei da Suécia
950-970
Sucedido por
Érico, o Vitorioso
  Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.