Abrir menu principal


Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Maquina analítica proposta por Babbage

A máquina analítica, também conhecido como engenho analítico foi proposto pelo professor de matemática e pioneiro da ciência da computação Charles Babbage.[1] [2] A maquina foi descrita pela primeira vez em 1837, como a sucessora da Maquina Diferencial (um design para um computador mecânico mais simples).[3]

A maquina analítica incorporava uma unidade lógica aritmética, fluxo de controle na forma de ramificações condicionais, loops e memória integrada, tornando-o o primeiro projeto para um computador de uso geral que poderia ser descrito em termos modernos como Turing-complete.[4]

Em outras palavras, a estrutura lógica da Maquina analítica era essencialmente a mesma que dominou o design de computadores na era eletrônica[2]. A Maquina analítica é uma das realizações mais bem sucedidas de Charles Babbage.

Babbage nunca foi capaz de concluir a construção de nenhuma de suas máquinas devido a conflitos com seu engenheiro-chefe e financiamento inadequado.[5] Não foi até o final da década de 1940 que os primeiros computadores de uso geral foram realmente construídos, mais de um século depois de Babbage ter proposto o pioneiro mecanismo analítico em 1837. [2]

TríviaEditar

Referências

  1. Graham-Cumming, John. «The 100-years leap». O'Reilly Radar. Consultado em 30 de Maio de 2019 
  2. a b c «The Engines». Consultado em 30 de Maio de 2019 
  3. Bromley, Allan G. (Setembro de 1982). «Charles Babbage's Analytical Engine, 1838» (PDF). Charles Babbage’s Analytical Engine, 1838. Consultado em 30 de Maio de 2019 
  4. «Let's build Babbage's ultimate mechanical computer». New Scientist. Consultado em 30 de Maio de 2019 
  5. Weber, Alan S. (2000). Nineteenth century science : a selection of original texts. Peterborough, Ont.: Broadview Press. ISBN 1551111659. OCLC 40982548 

Ligações externasEditar