Abrir menu principal
Entre Vales
Entre Vales (BRA)
Brasil, Alemanha, Uruguai
2012 •  Cor •  80 min 
Direção Philippe Barcinski
Produção Philippe Barcinski
Malu Viana Batista
André Montenegro
Rui Pires
Roteiro Philippe Barcinski
Fabiana Werneck Barcinski
Elenco Ângelo Antônio
Daniel Hendler
Melissa Vettore
Gênero Drama
Lançamento 8 de maio de 2014
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Entre Vales é um filme brasileiro do gênero drama feito em coprodução com Alemanha e Uruguai gravado em 2011 e lançado primeiramente no Festival de Cinema do Rio de Janeiro em setembro de 2012. Foi exibido no Festlatino - "Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo"- e no Festival Internacional de Cinema de Seattle. Uma pré-estreia aconteceu na cidade de Paulínia - onde algumas cenas foram gravadas - em abril de 2013.[1] Depois de várias mudanças na data de lançamento, o longa estreia em 8 de maio de 2014. A direção coube a Philippe Barcinski, com roteiro do próprio diretor e Fabiana Werneck Barcinski.

Índice

SinopseEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Vicente é um economista, pai de Caio e casado com Marina, uma dentista dedicada. Ele leva uma vida comum tanto em casa como em seu trabalho. Porém, a perda do filho seguida da traição de um sócio na sua empresa, acabam por leva-lo a uma vida completamente miserável. Troca de nome e começa a viver em um lixão. Uma história que aborda a capacidade de se recriar do homem.

A história é contada de maneira não linear, começando com o personagem principal andando de carro depois de uma discussão com a esposa. Logo em seguida indo direto para sua vida no lixão e depois voltando para sua vida de pai e trabalho normais. As narrativas vão caminhando até se encontrarem.

ElencoEditar

PrêmiosEditar

Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo [2]

  • Melhor Filme (escolhido pelo público)
  • Prêmio Itamaraty (Júri internacional)

Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe [3]

  • Melhor Filme - (Júri e pelo público)
  • Melhor Ator - Ângelo Antônio
  • Melhor Atriz - Melissa Verttore.

Projeto da Fundação Hubert Bals (Holanda) [4]

  • Prêmio de Apoio ao Desenvolvimento

CríticasEditar

As críticas são praticamente unânimes em afirmar que o grande destaque do filme fica por conta da atuação do ator Ângelo Antônio, uma das melhores em sua carreira no cinema.[5][6][7][8]

Referências

  1. «Pré-estréia em Paulínia». Consultado em 8 de outubro de 2013 
  2. «Prêmios no Festlatino». Consultado em 8 de outubro de 2013 
  3. «Prêmios no Festival Iberoamericano». Consultado em 8 de outubro de 2013 
  4. «Prêmio do filme». Consultado em 8 de outubro de 2013 
  5. «Crítica do filme - Jornal do Brasil». Consultado em 8 de outubro de 2013 
  6. «Crítica do filme - Pipoca Gigante». Consultado em 8 de outubro de 2013 
  7. «Crítica do filme - Ambrosia». Consultado em 8 de outubro de 2013 
  8. «Crítica do filme - Ovo de Fantasma». Consultado em 14 de outubro de 2013 

Ligações externasEditar