Abrir menu principal

Enzo Faletto (Santiago de Chile, 1935 - 22 de junho de 2003) foi um sociólogo e historiador chileno.[1]

Faletto é um dos formuladores da Teoria da Dependência. Sua obra mais conhecida é Dependencia y desarrollo en América Latina; ensayo de interpretación sociológica, escrita juntamente com Fernando Henrique Cardoso. O livro foi publicado inicialmente no México (Siglo XXI, 1969) e depois no Brasil (Rio de Janeiro: Zahar, 1970). É também autor de Génesis Histórica del Proceso Político Chileno (1971) e El Liberalismo (1977).

Professor titular da Universidad de Chile, obteve sua Licenciatura em História na Faculdade de Filosofia e, mais tarde, o Mestrado em Sociologia na Facultad Latinoamericana de Ciências Sociales (FLACSO). Entre 1967 e 1972 deu aulas a estudantes de sociologia e jornalismo da Universidade do Chile. A partir de 1973 atuou na CEPAL, como consultor, mantendo entretanto seu vínculo com a FLACSO. Em 1990, regressou à docência na Universidade do Chile, especificamente no Departamento de Sociologia, função na qual permaneceu até o fim de sua vida.

Referências

  1. (em castelhano) Homenaje a Enzo Faletto. FACSO. Universidad de Chile.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.