Erik Stensiö

Erik Helge Osvald Stensiö (Döderhult, Condado de Kalmar, 2 de outubro de 189111 de janeiro de 1984) foi um paleozoólogo sueco.

Erik Stensiö
Nascimento Erik Helge Osvald Stensiö
2 de outubro de 1891
Döderhult, Condado de Kalmar
 Suécia
Morte 11 de janeiro de 1984 (92 anos)
Estocolmo
Prémios Medalha Wollaston (1953)
Medalha Linneana (1957)
Medalha Darwin-Wallace (1958)

Foi um especialista na anatomia e evolução dos vertebrados inferiores. Seus estudos sobre os placodermos mostraram que estão relacionados com os tubarões modernos.

Foi eleito membro estrangeiro da Royal Society em 1946. Laureado com a Medalha Wollaston de 1953 pela Sociedade Geológica de Londres,[1] com a Medalha Linneana de 1957 e com a Medalha Darwin-Wallace de 1958, ambas pela Sociedade Linneana de Londres.

ObrasEditar

  • "Triassic fishes from Spitzbergen" (parte I: Viena 1921; parte II: Estocolmo 1925)

Referências

  1. «Award Winners Since 1831 / Wollaston Medal» (em inglês). The Geological Society of London. Consultado em 10 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de julho de 2015 
  • Patterson, C., "Erik Helge Osvald Stensiö", "Biographical Memoirs of the Fellows of the Royal Society", 35 (1990), 363–380.

Ligações externasEditar


Precedido por
Herbert Harold Read
Medalha Wollaston
1953
Sucedido por
Leonard Johnston Wills
Precedido por
William Henry Lang
Medalha Linneana
1957
Sucedido por
Gavin de Beer e William Bertram Turrill


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.