Ermígio Aboazar

Ermígio Aboazar (Reino de Leão e Castela, c. 980 -?) foi um nobre do Condado Portucalense e um dos padroeiros do Mosteiro de Santo Tirso[1][2].

Ermígio Aboazar
nobre Portucalense e padroeiros do Mosteiro de Santo Tirso
Escudo do Brasão do Reino de Leão
Nome completo Ermígio Aboazar
Nascimento c. 980
Pai Abu-Nazr Lovesendes
Mãe Unisco Godinhes

As suas origens familiares fazem-no bisneto do rei Ramiro II de Leão e descendente de Abdalá I, o 7.º Emir de Córdovano al-Andalus entre 888 e 912, descendente dos Omíadas[3].

Relações familiaresEditar

Foi filho de Abu-Nazr Lovesendes, senhor feudal da Maia, neto do rei Ramiro II de Leão, Governador de entre rio Douro e rio Lima e de Unisco Godinhez, filha de Godinho das Astúrias. Casou com; Vivili Turtezendes, filha de Turtezendo Galindes e de Anímia, com quem teve filhas:

  1. Adosinda Ermiges (n.1010---?) casou com; Pelaio Guterres da Silva, senhor da Domus Fortis denominada Torre de Silva.
  2. Toda Ermiges da Maia(n.1000---?) casou em primeiras núpcias com Egas Moniz de Ribadouro e depois com Pedro Trutesendes.

Referências

  1. Ascendências Reais de SAR D. Isabel de Herédia, António de Sousa Lara, Vasco de Bettencourt Faria Machado e Universitária Editora, 1ª Edição, Lisboa, 1999. pg. 111.
  2. Nobiliário das Famílias de Portugal, Felgueiras Gayo, Carvalhos de Basto, 2ª Edição, Braga, 1989. vol. IV-pg. 376 (Coelhos)
  3. 15 de safar de 275 H

4.Manoel Jose da costa Felgueiras Gayo;Nobiliarco das Famílias de PortugaLBiblioteca Publica Nacional;On Line;Familias Ermiges;Ermigues,Aboazar.