Ernest Courant

Ernest David Courant (Göttingen, 26 de março de 1920Ann Arbor, 21 de abril de 2020)[1] foi um físico estadunidense nascido na Alemanha. Filho do matemático Richard Courant, sua contribuição é fundamental nos modernos aceleradores de partículas.[2]

Ernest Courant
Nascimento 26 de março de 1920
Göttingen
Morte 21 de abril de 2020
Ann Arbor
Nacionalidade estadunidense
Cidadania Estados Unidos
Progenitores
Filho(s) Paul Courant
Alma mater
Ocupação físico, físico nuclear
Prêmios Prêmio Enrico Fermi (1986)
Empregador Universidade de Rochester
Campo(s) física

Sua mais notável descoberta foi o trabalho de 1952, em parceria com Milton Stanley Livingston e Hartland Snyder, sobre o princípio da focalização forte,[3] um passo crítico no desenvolvimento dos modernos aceleradores de partículas como o Síncrotron.[4][5]

Referências

  1. Obituary Ernest Courant. March 26, 1920 – April 21, 2020
  2. «Array of Contemporary American Physicists». Consultado em 10 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 5 de março de 2016 
  3. Courant, Ernest D.; M. Stanley (1 de dezembro de 1952). «The Strong-Focusing Synchroton—A New High Energy Accelerator». Physical Review. 88 (5): 1190-1196. doi:10.1103/PhysRev.88.1190 
  4. Courant, E. D.; H. S. (10 de abril de 2000). «Theory of the Alternating-Gradient Synchrotron». Annals of Physics. 281 (1–2): 360-408. doi:10.1006/aphy.2000.6012 
  5. Distinguished Scientist Emeritus Ernest Courant Honored by University of Rochester (BNL Bulletin)

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.