Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia

unidade universitária da UFBA
Escola de Teatro da
Universidade Federal da Bahia
Universidade Universidade Federal da Bahia
Fundação 1956 (64 anos)
Nomes anteriores Escola de Música e Artes Cênicas
Tipo de instituição Unidade universitária
Localização Salvador, BahiaBrasil
Campus Canela
Site www.teatro.ufba.br

A Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia, fundada em 1956 pelo então reitor da universidade, Edgard Santos, foi a primeira escola de teatro brasileira a integrar uma universidade - a então Universidade da Bahia.[1][2] Foi também a primeira escola da América Latina a adotar o método Stanislavski de formação de atores. Seu primeiro diretor foi Eros Martim Gonçalves.

CursosEditar

A escola oferece os seguintes cursos:

  • Bacharelado em Artes Cênicas com Habilitação em Interpretação Teatral
  • Bacharelado em Artes Cênicas com Habilitação em Direção Teatral
  • Licenciatura em Teatro
  • Pós-Graduação em Teatro

InstalaçõesEditar

A Escola de Teatro da UFBA está situada na Rua Araújo Pinho, 292, bairro do Canela, em Salvador, no secular Solar Santo Antônio. Suas instalações se constituem de:

  • Pavilhão de aulas;
  • Biblioteca, com banco de textos teatrais e memória;
  • Laboratório de informática;
  • Um teatro pequeno (Sala 5);
  • Carpintaria;
  • Rouparia;
  • Teatro Martim Gonçalves.

Teatro Martim GonçalvesEditar

 Ver artigo principal: Teatro Martim Gonçalves

Inaugurado em 1958 com a montagem do texto "Senhorita Júlia", foi denominado Teatro Santo Antônio, sendo o espaço teatral mais antigo de Salvador. Em 1996, por ocasião das comemorações dos 40 anos de fundação da Escola de Teatro, o teatro foi rebatizado para Teatro Martim Gonçalves.

Curiosamente sua primeira construção foi concebida para ser provisória. Todavia, somente no início do século XXI foi, de fato, totalmente reconstruído.

DiretoresEditar

Em 1969 foi criada a EMAC (Escola de Música e Artes Cênicas). Abaixo os chefes do Departamento de Teatro

Em 1988, a EMAC é dissolvida. A Escola de Teatro se desvincula da Escola de Música. Desde então, foram diretores da Escola de Teatro:

  • Paulo Lauro Dourado (1988 - 1990)
  • Carlos Alberto Cardoso Nascimento (1990 - 1996)
  • Deolindo Checcucci Neto (1996 - 2000)
  • Eliene Benício Amâncio Costa (2000 - 2004)
  • Eliene Benício Amâncio Costa (2004- 2007)
  • Daniel Marques da Silva (2007-2012)
  • Eliene Benício Amâncio Costa (atual)

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre a Bahia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.