Diferenças entre edições de "Região histórica de Castela"

10 bytes removidos ,  00h16min de 1 de junho de 2013
sem resumo de edição
m (Bot: A migrar 46 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:Q173063)
No seu testamento volta à tradição real de diferentes monarcas para cada reino. Fernando II será rei de Leão, e [[Sancho III de Castela|Sancho III]], rei de Castela
 
Em [[1217]] [[Fernando III de Castela|Fernando III o Santo]] recebeu de sua mãe [[Berenguela de Castela|Berenguela]] o Reino de Castela e de seu pai [[Afonso IX de Leão|Afonso IX]] em [[1230]] o de Leão. Assim mesmo, aproveitou o declive do [[Almóadas|impérioCalifado almóadaAlmóada]] para conquistar o vale do Guadalquivir enquanto seu filho Alfonso tomava o Reino de Múrcia. As Cortes de Leão e Castela fundiram-se, momento o que se considera que surge a Coroa de Castela, formada pelos reinos de Castela, Leão, Toledo e o resto de reinos taifas e senhorios conquistados aos árabes. Estes reinos conservaram instituições e legislação diferenciadas. Por exemplo, nos reinos de [[Reino da Galiza|Galiza]], [[Reino de Leão|Leão]] e Toledo aplicava-se um direito de raiz romano-visigótica, diferente à legislação baseada principalmente no costume que existia no Reino de Castela.
 
=={{Ver também}}==