Diferenças entre edições de "Joaquim Montenegro"

937 bytes adicionados ,  22h40min de 31 de julho de 2013
sem resumo de edição
m (-cat redundante)
 
'''Joaquim Montenegro''' (? - ?) foi um [[coronelpolítico]] [[brasileiro]], que recebeu o título de [[coronel]] e foi prefeito por três vezes de [[Santos]]. Foi em sua prefeitura que [[Benedito Calixto]] desenhou o [[Brasão de Santos]].<ref name="novo milênio">"[http://www.novomilenio.inf.br/santos/poli1898.htm Histórias e lendas de Santos: Joaquim Montenegro]" em [http://www.novomilenio.inf.br/santos/poli1898.htm Novo Milênio]. Acesso: 3 de janeiro, 2009.</ref>
 
==Referências Biografia ==
{{reflist}}
 
O coronel Joaquim Montenegro foi eleito vereador pela primeira vez para o triênio de 1896-1898. Participou do Conselho de Intendência municipal, entre 7 de janeiro de 1896 e 7 de janeiro de 1899. Após a renúncia de Antônio José Malheiros Junior, tornou-se intendente municipal, no dia 4 de maio de 1898.<ref name="novo milênio"/>
 
Ocupou o cargo novamente por mais dois triênios, 1899-1902 e 1914-1916. Em 1919 assumiu o Executivo, como prefeito, até 1925. Em 29 de novembro de 1925, renunciou para ocupar a serventia vitalícia do 8º Ofício. Notável sua atuação no movimento republicano, como de resto em todas as campanhas cívico-políticas que se desenvolveram em Santos.<ref name="novo milênio"/>
 
Após a sua morte, a avenida que margeia o Canal nº 6, oficializada pelo próprio Joaquim Montenegro, recebeu seu nome.<ref name="novo milênio"/>
 
{{Referências}}
{{esboço-biografia}}
 
1 245

edições