Condado de Zollern: diferenças entre revisões

180 bytes removidos ,  17 de fevereiro de 2014
sem resumo de edição
== História ==
 
De acordo com o cronista medieval ''Berthold de Reichenau'', o nobre Burkhard[[Burcardo I, Conde de Zollern]] (de Zolorin), nasceu antes de [[1025]] e morreu em [[1061]]. Os Zollerns receberam o título dedo imperador [[Henrique IV (sacro imperador romano-germânico)|Imperador Henrique V]] em [[1111]]. Como leais à [[Dinastia de Hohenstaufen]] da Suábia, eles foram capazes de ampliar significativamente o seu território. O conde Frederico III (c. 1139 - c 1200) acompanhou o imperador [[Frederico I, Sacro Imperador Romano-Germânico|Frederico I]] contra [[Henrique, o Leão]], em [[1180]], e por meio de seu casamento foi concedida ao BurgraviateBurgraviato de NurembergNuremberga pelo imperador [[Henrique VI da Germânia]], em [[1191]]. Em [[1218]], o burgraviateburgraviato foi passado para o filho mais novo de Frederico, Conrado, ele assim tornou-se o antepassado da Francônia ramo [[Casa de Hohenzollern|Hohenzollern]], que adquiriu o eleitorado[[Eleitorado de [[Brandemburgo]] em [[1415]], sento ancestral dos [[Anexo:Lista dos governantes de Brandemburgo#Casa de Hohenzollern|Príncipespríncipes-eleitores de Brandemburgo]], [[Anexo:Lista de duques da Prússia|Duques da Prússia]], [[Rei da Prússia|Reisreis da Prússia]], [[Anexo:Lista de monarcas do Império Alemão|Imperadoresimperadores da Alemanha]], etc.
 
Afetado por problemas econômicos e disputas internas, os condes Hohenzollern do [[século 14]] em diante ficaram sob pressão por seus vizinhos poderosos, os [[condes de [[WürttembergVurtemberga]] e as cidades da Liga da Suábia, cujas tropas destruíram o [[Burg Hohenzollern|Castelo de Hohenzollern]] em [[1423]]. No entanto, os Hohenzollerns mantiveram suas propriedades, apoiados por seus primos [[Marca de Brandeburgo|Brandenburgo]] e a [[Casa de Habsburgo]]. Em [[1534]], o conde Carlos I de Hohenzollern (1512-1576) recebeu os municípios de [[Sigmaringen]] e Veringen como feudos imperiais.
 
Em [[1576]], após a morte de Carlos I, no condado de Hohenzollern foi dividido entre seus três filhos:
 
* Eitel Frederico IV de Hohenzollern-Hechingen (1545-1605)
* CharlesCarlos II de Hohenzollern-Sigmaringen (1547-1606)
* ChristopherCristóvão de Hohenzollern-Haigerloch (1552-1592)
 
A linhagem de Hohenzollern-Haigerloch caiu para Hohenzollern-Sigmaringen em [[1767]]. Os três estados resultantes de sua partição vieram a unir-se novamente em [[1850]], quando foram anexados pela [[Reino da Prússia|Prússia]]. Após a abolição de monarquia na Alemanha em [[1918]], seu território continuou fazendo parte da Prússia (até [[1946]]), depois WürttembergVurtemberga-Hohenzollern ([[1946]] - [[1952]]) e atualmente faz parte do estado alemão [[BadenBade-WürttembergVurtemberga]].
 
[[Categoria:Estados do Sacro Império Romano-Germânico]]