Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 02h23min de 24 de maio de 2015
sem resumo de edição
'''Serviço Nacional de Saúde''' ({{lang-en|''National Health Service''}} - '''NHS''') é o nome habitualmente utilizado para referir-se aos quatro sistemas públicos de saúde do [[Reino Unido]] coletiva ou individualmente, embora atualmente, em geral, seja apenas ao serviço de saúde da Inglaterra que é corretamente chamado de Serviço Nacional de Saúde sem qualquer outra qualificação. Três serviços ([[Inglaterra]] e [[País de Gales]], [[Escócia]] e [[Irlanda do Norte]]), foram criados por legislações separadas e começaram a funcionar em 5 de julho de 1948; anteriormente a essa data, serviços públicos de saúde mais limitados eram operados por autoridades locais e por outros organismos. A responsabilidade pelos serviços públicos de saúde no [[País de Gales]] passou para a '''Secretaria de Estado para o País de Gales''' em 1969.<ref>[http://www.wales.nhs.uk/sites3/page.cfm?pid=11595&orgid=452 1960's UK NHS] www.wales.nhs.uk, acesso em 7 de agosto de 2008</ref> A pequena proporção das questões da saúde que não são descentralizadas, normalmente é tratada pelo '''Departamento de Saúde''' (Reino Unido) ou em seu nome, por uma divisão do Serviço Nacional de Saúde inglês.
 
Formando a base dos cuidados médicos no Reino Unido, cada sistema de [[:en:National_Health_Service_(England)|Serviço Nacional de Saúde (Inglaterra)]], [[[:en:NHS_Scotland|SNS Escócia]], [[:en:NHS_Wales|SNS País de Gales]] e a [[:en:Health_and_Social_Care_in_Northern_Ireland|Assistência Social da Saúde na Irlanda do Norte]] funciona de forma independente e é politicamente responsável perante o respectivo governo descentralizado da Escócia ([[Governo escocês]]), País de Gales ([[Assembleia de Governo do País de Gales]]) e Irlanda do Norte ([[Executivo da Irlanda do Norte]]), e para o [[Governo britânico]] para a Inglaterra.
 
Não há nenhuma discriminação inicial quando um paciente residente em um país do Reino Unido requer tratamento em outro, mas a repatriação de um [[paciente]] poderia ser feita após o tratamento inicial e estabilização do quadro médico caso este necessite de contínuos cuidados hospitalares. Ocasionalmente, um paciente que requer cuidados especializados de emergência (os casos publicados habitualmente envolvem complicações no parto) poderá ser transferido para ''fora'' do seu próprio território nacional. As questões financeiras e consequente documentação em tais casos são tratadas entre as organizações envolvidas e geralmente não há envolvimento pessoal com o paciente comparável ao que poderia ocorrer quando, por exemplo, um residente de um membro da [[União Europeia]] recebe tratamento em outro país. O NHS foi homenageado na [[cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Verão de 2012]] em Londres, realizada no dia 27 de julho de 2012.
154 580

edições