Abrir menu principal

Alterações

16 bytes adicionados ,  14h45min de 23 de agosto de 2016
sem resumo de edição
{{PEPB-AO|Neptuno|Netuno|Neptuno''' ou '''Netuno}}<ref>{{citar livro|autor=Porto Editora|título=Dicionários Académicos — Dicionário da Língua Portuguesa|editora=[[Porto Editora]]|ano=[[2009]]|páginas=904|id=ISBN 978-972-0-01478-8|}}</ref> é o [[Mitologia romana|deus romano]] do [[mar]], inspirado no [[Mitologia grega|deus grego]] [[Posídon]] (ou Poseidon).
 
Filho do deus [[Saturno (mitologia)|Saturno]] e [[Ops (mitologia)|Ops]], irmão de [[Júpiter (mitologia)|Júpiter]] e de [[Plutão (mitologia)|Plutão]]. Originariamente é o deus das fontes e das correntes de água, dos terremotos e criador dos cavalos.
[[Ficheiro:Fuente de Neptuno, Núremberg, Alemania, 2013-03-16, DD 14.JPG|miniaturadaimagem|esquerda|Neptuno na cidade de Nuremberga]]
Deus inseparável dos [[cavalos]], senhor das [[ninfas]], [[sereias]] e [[sereias dos lagos]], [[rios]] e [[fontes]], tem ao seu lado [[sereias]], [[nereidas]] e [[Tritão (mitologia)|tritões]]. Netuno não veste roupas chiques, já que sua aparência já é suficiente para demonstrar o seu poder. O deus romano tem o mar como sua morada, pode provocar as mais terríveis tempestades e tormentas, até as ondas mais pacíficas e tranquilas, e por isso é provocado com pouca frequência, apenas por motivos importantes.