Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho ,  03h07min de 15 de outubro de 2016
''O Escândalo do Petróleo'' foi censurado em [[1937]] por Getúlio Vargas, no mesmo ano em que o escritor lançou ''[[O Poço do Visconde]]''. A obra, supostamente infantil, diz que "ninguém acreditava na existência do petróleo nesta enorme área de 8,5 milhões de quilômetros quadrados, toda ela circundada pelos poços de petróleo das repúblicas vizinhas". [[Monteiro Lobato]] acaba sendo preso em [[1941]], ironicamente por uma ordem partida do [[Júlio Caetano Horta Barbosa|General Horta Barbosa]], que mais tarde seria um dos líderes da ''Campanha do Petróleo''.
 
==Descoberta dedo Petróleo==
Em [[1938]], o governo decidiu explorar um poço em [[Lobato (Salvador)|Lobato]], bairro de [[Salvador (Bahia)|Salvador]], na [[Bahia]], e técnicos constatam a existência de petróleo. É criado o [[Conselho Nacional do Petróleo]], e as [[jazida]]s minerais passam a ser consideradas propriedade estatal.
 
Utilizador anónimo