Abrir menu principal

Alterações

2 348 bytes adicionados ,  22h08min de 5 de maio de 2017
 
Como nas passagens acima, os trinitários reconhecem em outras passagens bíblicas a apresentação do único (''echad'') Senhor (YHVH) na forma trina do Pai, do Filho Jesus e do Espírito Santo.
 
≤≤≤Entretanto, vale trazer, de outra forma, o que relata o Evangelho de João 16:13-15, versão que trago (BKJ) Que diz: 13- No entanto, quando o Espírito da verdade vier, Ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos revelará tudo o que está por vir. 14- O Espírito me glorificará, porque receberá do que é meu e vos anunciará. 15- Tudo quanto o Pai tem, pertence a mim. Por isso é que Eu disse que o Espírito receberá do que é meu e o revelará a vós.
Os atributos da deidade, são: Onisciência, Onipresença e Onipotência.
Jesus Cristo diz a seguinte frase: 14. O ESPIRITO ME GLORIFICARÁ, pois receberá do que é meu e vos anunciará.
Jesus Cristo deixa claro quando disse: (...) porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos revelará tudo o que está por vir. São claras as colocações de Cristo quanto à sua superioridade e sua Deidade em relação ao Espírito que viria após Ele para estar conosco. Ele, Jesus, ainda assevera no versículo 15, dizendo: (...) tudo que o Pai tem, pertence a mim. Por isso é que Eu disse que o Espírito receberá do que é meu e o revelará a vós.
Precisamos compulsar com criteriosa análise antes de aceitar qualquer decisão feita em concílio, mas buscar sim através do Espírito Santo, a revelação para algumas informações.
Onde estariam os atributos da deidade do Espírito diante da assertiva de Cristo?
Para não começarmos a atribuirmos uma crença politeísta, devemos ter muito cuidado ao atribuir a condição de Deus Espírito Santo ao Espírito Santo. Ele é Espírito da Verdade, outro Advogado, é o único que que não será perdoado o pecado da blasfêmia, é o outro Consolador, mas quanto a Deus, consideremos João 10:30 - Eu e o Pai somos um. E, gostaria de que fosse inserido, caso alguém encontre, salvando o batismo em Mateus, onde figura a condição de Pai, Filho e Espirito Santo como Trindade nas Escrituras.
Se o Espírito Santo é Deus saindo do Deus, como Cristo diz que ele receberá do que é dEle, Cristo, para o glorificar? Sendo que Cristo diz que o Espírito vai glorificar ao próprio Cristo!
Espero ter trazido motivos de reflexão para os nossos nobres leitores estudiosos, e teólogos.≥≥≥ Fonte: Bíblia King James Atualizada
 
== Plural Adonai ==
Utilizador anónimo